NO INICIO DO BLOG

26 de junho de 2017

FORMATO DA PROVA ENEM - 2017




Não é apenas com os estudos que os vestibulandos precisam se preocupar. Existem diversas outras dificuldades que surgirão durante a preparação que, caso não sejam devidamente trabalhadas, poderão comprometer o desempenho. Pressão de parentes, ansiedade e desânimo são apenas alguns exemplos.
E foi justamente pensando nesses “desafios paralelos aos estudos” que nós, do Portal infoEnem, decidimos elaborar uma série com três artigos com foco num deles: As estratégias para o Enem 2017.
Antes de começar, vale destacar que, ao contrário do que muitos pensam, para conseguir um bom resultado no exame, é necessário uma estratégia. Afinal, a prova tem características bastante peculiares, como a Teoria de Resposta ao Item (TRI) e o pouquíssimo tempo de resolução por questão. Assim sendo, faz-se necessário entender essas características e desenvolver uma maneira para que, na hora do prova, você consiga, de fato, aplicar e demonstrar tudo que estudou.
Como dito anteriormente, nossa série será composta de três artigos, que são:
  1. Conheça o Modelo de prova do Enem 2017
  2. Como funciona a Teoria de Resposta ao Item (TRI)
  3. Estratégia de Controle do Tempo para o Enem 2017
Então vamos ao nosso primeiro artigo da série!

Conheça o Formato do Enem 2017

Como você deve saber, o Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacinoais, autarquia responsável pela elaboração do Enem, fez algumas mudanças para a edição do exame deste ano, que são:
  • Datas das provas – 5 (domingo) e 12 (domingo) de novembro
  • Gabarito – 3 dias úteis após a aplicação de cada prova
  • Resultado Enem 2017 – 19 de janeiro de 2018
  • Não pode mais ser utilizado para certificação do ensino médio.
Entretanto, quando olhamos o formato da prova propriamente dito, não houve grandes mudanças. Apenas a ordem de realização das áreas do conhecimento que foi alterada.
No dia 05 de novembro, os estudantes realizarão as provas de Linguagens Códigos e suas tecnologias (45 questões) e Ciências Humanas e suas tecnologias (45 questões), além da produção textual (redação). Neste primeiro dia, o tempo será de 5h30min.
Já no dia 12 de novembro, serão aplicadas as provas de Matemática e suas tecnologias (45 itens) e Ciências da Natureza e suas tecnologias (45). Neste segundo e último dia, o tempo de realização será de 4h30min.


BLOOD - NOVA DROGA

CORREÇÕES DE REDAÇÕES DA ESSA - RESPOSTA AOS INÚMEROS PEDIDOS

GURIZADA QUE VAI FAZER ESSA, PRESTEM ATENÇÃO ! CORRIJO SIM REDAÇÕES QUE VOCÊS ENVIAREM PARA  - marelenesagave@yahoo.com.br - COM CARINHO, CORRIJO E COMENTO. OLHA É ESCREVER E MANDAR. ABRAÇÃO. PERDOEM A RESPOSTA COLETIVA.

25 de junho de 2017

TOPÔNIMOS


Nas ‘baladas’ da década de 80, era frequentemente tocada esta canção:
In New York – Rio – Tokyo –
When I watch you dancing
I begin to feel like all romancing (…)

E ela me trouxe uma reflexão quanto ao emprego dos nomes desses lugares. Mudando para nosso idioma, tais cidades também são mencionadas nas canções por aqui. Vejamos esta, gravada por Zezé de Camargo e Luciano:
(…) Telefonei, mas ela viajou
Ninguém sabe onde ela foi
Nem quando vai voltar
Quem sabe foi pro Rio
Nova York, sei lá…
Acender a estrela de outro alguém
Noutro lugar (…)
Apesar de as letras KW e Y terem voltado oficialmente para o nosso alfabeto após o Acordo Ortográfico que está em vigor , é preciso atenção ao escrever os topônimos (nomes de lugares), pois essas palavras também devem respeitar as determinações da Gramática em relação à ortografia.
A regra geral é adaptar, aportuguesar, os nomes mais conhecidos, como Milão (Milano), Florença (Firenze), Londres (London), São Petersburgo (não consigo escrever aqui empregando o alfabeto cirílico, usado na Rússia, mas o termo transliterado para nosso alfabeto é Sankt-Peterburg), Cidade do Cabo (Cape Town), sempre seguindo as determinações do A.O. e preservar a grafia original daqueles que são menos familiares ou com ‘dificuldades particulares’, como perda de sentido ou a transformação numa expressão ‘gigantesca’ – Heildelberg, Salt Lake City, Falluja. Dessa forma, na música da dupla sertaneja deveríamos ter Nova Iorque, e na tradução da outra, teríamos Nova Iorque, Rio (sem alteração, por motivos óbvios hehe) e Tóquio.
Já os nossos topônimos de tradição histórica não sofrem alteração alguma na sua grafia, quando ela já estiver consagrada pelo consenso, pelo uso. É o caso do topônimo “Bahia”, que conservará a forma com “h”, quando fizer referência ao Estado. Apesar disso, os termos compostos e derivados desses topônimos obedecerão às normas gerais do vocabulário (o gentílico “baiano”, por exemplo).

24 de junho de 2017

TERCEIRÃO - RUYZÃO - ANTENEM-SE

Temas de Redação baseados em citações
 

 A partir de cada citação abaixo, estabeleça um tema e redija um texto dissertativo, em prosa, de não mais de vinte e cinco linhas, não esquecendo de dar-lhe um título.
i. "Quando uma porta se fecha, outra se abre. Mas muitas vezes nós ficamos olhando tanto tempo, tristes, para a porta fechada, que nem notamos aquela que se abriu para nós" (Graham Bell).
ii. "Não existe uma maneira gentil de matar alguém numa guerra", disse o porta-voz do Pentágono ao confirmar que milhares de soldados iraquianos, entrincheirados em abrigos subterrâneos, foram enterrados vivos no início da ofensiva americana na guerra do Golfo.
iii. "A humanidade está dividida em três classes: os que são imóveis, os que são móveis e os que fazem os outros se moveram" (Provérbio Árabe).
iv.  O brasileiro gosta de levar vantagem?
v.  "Se todo animal inspira ternura, o que houve então com o homem?" (Guimarães Rosa).
vi.  Nada é tão fácil se as coisas difíceis forem feitas com má vontade.
vii. "Passarinho que anda com morcego acaba dormindo de cabeça para baixo" (dito popular).
viii. "Conhecer não é contemplar passivamente, mas agir sobre as coisas e acontecimentos, construindo-os e reconstruindo-se em pensamento" (Jean Piaget).
ix.  "É preciso recontar a história do Brasil pela versão dos índios, dos negros, das mulheres e dos trabalhadores" (Carlos Alberto Christo).
x. Não há vida sem morte, como não há morte sem vida, mas há também uma "morte em vida". E a morte em vida é exatamente a vida proibida de ser vida" (Paulo Freire).

TÍTULO NA PRODUÇÃO TEXTUAL


Apesar de importante, algumas provas de redação não pedem título – caso do Enem, em que ele é opcional. Outras, como a Fuvest, exigem o título, mas nesses casos a exigência é sempre colocada na proposta (não precisa sair decorando quais provas pedem e quais não pedem).
titulo-escrevendo
Obrigatório ou não, o título pode ser o diferencial no seu texto. Se você souber fazê-lo e ficar bem colocado no texto, é recomendável o uso, mesmo que ele não seja exigido pela prova.
Veja cinco dicas sobre o que é importante saber sobre esse recurso:
1) O título é a síntese do tema
Se o nome de um livro ou de um filme deve entregar um pouco do que será tratado naquela obra, com o título da redação é a mesma coisa: ele deve sintetizar o que o leitor vai encontrar ao longo do texto. Além disso, um título bem trabalhado pode fazer o corretor notar que você entendeu perfeitamente a proposta. Por isso, use a simplicidade e faça um título em que o tema fique claro.
Dica: Algumas pessoas preferem fazer o título antes do texto, para servir como guia. Mas nem sempre isso dá certo: pode ser que, ao longo do texto, você acabe mudando o foco e o título perca um pouco do sentido. Para evitar que isso aconteça, uma sugestão é fazer o título sempre depois que o texto estiver pronto. Assim, você pode se basear nele para definir exatamente qual frase encaixa mais com o que você escreveu.
2) Nada de frases longas
Primeira regra para fazer um bom título: ele deve ser curto! Procure usar no mínimo três palavras, e evite que o tamanho da frase seja maior do que três quartos da linha.
3) O verbo é opcional
O título não precisa ser, necessariamente, uma oração completa com sujeito e predicado, como “O desmatamento é o pior crime contra a natureza”. Pode, também, ser uma expressão sem verbo, como “O problema da reforma agrária”. Mas usar a expressão, apesar de resolver o problema do título longo, pode ser perigoso: é preciso que ela consiga sintetizar o tema, mesmo sem o verbo. Na dúvida, aposte no que parecer mais fácil na hora.
Lembrete: Jamais use o tema dado pela banca como título. O tema é o assunto estipulado pela banca sobre o qual você vai escrever; o título é a frase para encabeçar o seu texto, que você mesmo deve criar. Fique atento, copiar qualquer parte da proposta de redação pode provocar a anulação do texto!
4) Aposte na sua criatividade
É importante que o título deixe claro o que você vai abordar, mas usar da criatividade pode deixá-lo muito mais interessante para a banca corretora. Nada impede que você use figuras de linguagem ou mesmo uma citação (entre aspas, sempre) no título. Mas lembre-se que a simplicidade é fundamental: tentar rebuscar demais pode dificultar o entendimento da frase.
Dica: fuja de lugares-comuns, chavões, frases prontas e gírias. Usar da criatividade é o oposto disso.
5) Ponto final, letras maiúsculas, linha em branco
– Pode usar ponto no fim da frase? O título não tem ponto.
– Devo usar letra maiúscula em todas as palavras? Não. Escreva o título como se estivesse escrevendo uma frase normal, usando a maiúscula apenas na palavra inicial e nomes próprios.
– Devo pular uma linha depois do título? Não é obrigatório, especialmente se o limite de linhas for pequeno.

CITAÇÕES PRA PRODUÇÕES TEXTUAIS - PRIMEIRÃO, SEGUNDÃO, TERCEIRÃO

Porém, é de suma importância que os estudantes usem citações filosóficas em sua redação com cuidado. Se usá-la fora de contexto ou errar a autoria, será muito prejudicado na sua nota final.

Abaixo, deixo alguns exemplos de citações interessantes que podem ser usadas em diferentes contextos nas suas redações. Tomei a liberdade de destacar em negrito as minhas preferidas.

  1. “Toda hora é hora de fazer o que é certo.” - Martin Luther King
  2. “O ser humano é aquilo que a educação faz dele.” - Immanuel Kant
  3. “Eduquem as crianças e não será necessário castigar os homens.” - Pitágoras
  4. "A injustiça num lugar qualquer é uma ameaça à justiça em todo o lugar." - Martin Luther King
  5. "O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons." - Martin Luther King
  6. "Todos os homens têm, por natureza, desejo de conhecer" - Aristóteles
  7. "Os fins justificam os meios" - Maquiavel | "O mundo se tornou mais parecido com aquele de Maquiavel" - Bertrand Russell
  8. "O homem nasce livre e por toda parte encontra-se acorrentado" - Jean-Jacques Rousseau
  9. "A vontade geral deve emanar de todos para ser aplicada a todos" - Jean-Jacques Rousseau.
  10. "Deixe a mulher compartilhar dos direitos e ela emulará as virtudes do homem" - Mary Wollstonecraft
  11. "Todo homem toma os limites de seu próprio campo de visão como os limites do mundo" - Arthur Schopenhauer
  12. "Sobre seu próprio corpo e mente, o indivíduo é soberano" - John Stuart Mill
  13. "A história de todas as sociedades até hoje existentes é a história da luta de classes" - Karl Marx
  14. "Deve o cidadão, por um momento sequer, renunciar à sua consciência em favor do legislador?" - Henry David Thoreau
  15. "O homem é uma corda estendida entre o animal e o super-homem: uma corda sobre um abismo" - Friedrich Nietzsch
  16. "Aqueles que não conseguem lembrar o passado estão condenados a repeti-lo" - George Santayana
  17. "A história não nos pertence: nós pertencemos a ela" - Hans-Georg Gadamer
  18. "Quanto aos homens, não é o que eles são que me interessa, mas o que eles podem se tornar" - Jean-Paul Sartre
  19. "O sentido fundamental da liberdade é liberdade dos grilhões" - Isaiah Berlin
  20. "O que faríamos sem uma cultura?" - Mary Midgley
  21. "A arte é uma forma de vida" - Richard Wollheim
  22. "Os Estados não são agentes morais; as pessoas são" - Noam Chomsky
  23. "A sociedade é dependente da crítica às suas próprias tradições" - Jürgen Habermas
  24. "Que tipo de mundo podemos preparar para os nossos bisnetos?" - Richard Rorty
  25. "Se podemos contar uns com os outros, não precisamos depender de mais nada" - Richard Rorty
  26. "Sem um fim social o saber será a maior das futilidades." - Gilberto Freyre
  27. "A educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces." - Aristóteles
  28. "É no problema da educação que assenta o grande segredo do aperfeiçoamento da humanidade." - Immanuel Kant
  29. "A boa educação é moeda de ouro. Em toda a parte tem valor." - Padre Antônio Vieira
  30. "Toda a educação, no momento, não parece motivo de alegria, mas de tristeza. Depois, no entanto, produz naqueles que assim foram exercitados um fruto de paz e de justiça." - Bíblia (Hebreus 12:11)
  31. "A vida deve ser uma constante educação." - Gustave Flaubert
  32. "O resultado mais sublime da educação é a tolerância." - Helen Keller
  33. "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina." - Cora Coralina
  34. "A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo." - Nelson Mandela
  35. "Devemos promover a coragem onde há medo, promover o acordo onde existe conflito, e inspirar esperança onde há desespero." - Nelson Mandela
  36. "A maior necessidade de um Estado é a de governantes corajosos." - Johann Goethe
  37. "Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda." - Paulo Freire
  38. "Ninguém liberta ninguém. As pessoas se libertam em comunhão." - Paulo Freire
  39. "Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes." - Paulo Freire
  40. "Ninguém é sujeito da autonomia de ninguém." - Paulo Frei

PRONOMINAIS - REPETINDO

É o estudo da colocação dos pronomes oblíquos átonos (me, te, se, o, a, lhe, nos, vos, os, as, lhes) em relação ao verbo.
Os pronomes átonos podem ocupar 3 posições: antes do verbo (próclise), no meio do verbo (mesóclise) e depois do verbo (ênclise).
Esses pronomes se unem aos verbos porque são “fracos” na pronúncia.

PRÓCLISE

Usamos a próclise nos seguintes casos:
(1) Com palavras ou expressões negativas: não, nunca, jamais, nada, ninguém, nem, de modo algum.
Nada me perturba.
Ninguém se mexeu.
De modo algum me afastarei daqui.
- Ela nem se importou com meus problemas.
(2) Com conjunções subordinativas: quando, se, porque, que, conforme, embora, logo, que.
Quando se trata de comida, ele é um “expert”.
- É necessário que a deixe na escola.
- Fazia a lista de convidados, conforme me lembrava dos amigos sinceros.
Aqui se tem paz.
Sempre me dediquei aos estudos.
Talvez o veja na escola.
OBS: Se houver vírgula depois do advérbio, este (o advérbio) deixa de atrair o pronome.
- Aqui, trabalha-se.
(4) Pronomes relativosdemonstrativos e indefinidos.
Alguém me ligou? (indefinido)
- A pessoa que me ligou era minha amiga. (relativo)
Isso me traz muita felicidade. (demonstrativo)
(5) Em frases interrogativas.
Quanto me cobrará pela tradução?
(6) Em frases exclamativas ou optativas (que exprimem desejo).
- Deus o abençoe!
- Macacos me mordam!
- Deus te abençoe, meu filho!
(7) Com verbo no gerúndio antecedido de preposição EM.
Em se plantando tudo dá.
Em se tratando de beleza, ele é campeão.
(8) Com formas verbais proparoxítonas
- Nós o censurávamos.

MESÓCLISE

Usada quando o verbo estiver no futuro do presente (vai acontecer – amarei, amarás, ...) ou no futuro do pretérito (ia acontecer mas não aconteceu – amaria, amarias, ...)
- Convidar-me-ão para a festa.
- Convidar-me-iam para a festa.
Se houver uma palavra atrativa, a próclise será obrigatória.
- Não (palavra atrativa) me convidarão para a festa.

ÊNCLISE

Ênclise de verbo no futuro e particípio está sempre errada.
- Tornarei-me....... (errada)
- Tinha entregado-nos..........(errada)
Ênclise de verbo no infinitivo está sempre certa.
- Entregar-lhe (correta)
- Não posso recebê-lo. (correta)
Outros casos:
- Com o verbo no início da frase: Entregaram-me as camisas.
- Com o verbo no imperativo afirmativo: Alunos, comportem-se.
- Com o verbo no gerúndio: Saiu deixando-nos por instantes.
- Com o verbo no infinitivo impessoal: Convém contar-lhe tudo.
OBS: se o gerúndio vier precedido de preposição ou de palavra atrativa, ocorrerá a próclise:
- Em se tratando de cinema, prefiro o suspense.
- Saiu do escritório, não nos revelando os motivos.

COLOCAÇÃO PRONOMINAL NAS LOCUÇÕES VERBAIS

Locuções verbais são formadas por um verbo auxiliar + infinitivo, gerúndio ou particípio.
AUX + PARTICÍPIO: o pronome deve ficar depois do verbo auxiliar. Se houver palavra atrativa, o pronome deverá ficar antes do verbo auxiliar.
Havia-lhe contado a verdade.
Não (palavra atrativa) lhe havia contado a verdade.
AUX + GERÚNDIO OU INFINITIVO: se não houver palavra atrativa, o pronome oblíquo virá depois do verbo auxiliar ou do verbo principal.
Infinitivo
Quero-lhe dizer o que aconteceu.
Quero dizer-lhe o que aconteceu.
Gerúndio
Ia-lhe dizendo o que aconteceu.
Ia dizendo-lhe o que aconteceu.
Se houver palavra atrativa, o pronome oblíquo virá antes do verbo auxiliar ou depois do verbo principal.
Infinitivo
Não lhe quero dizer o que aconteceu.
Não quero dizer-lhe o que aconteceu.
Gerúndio
Não lhe ia dizendo a verdade.
Não ia dizendo-lhe a verdade.

Pronominais

50 EXERCÍCIOS PARA TESTAR SEUS CONHECIMENTOS ACERCA DE COLOCAÇÃO PRONOMINAL

Exercícios de Colocação Pronominal com GabaritoOs pronomes oblíquos átonos (me, te, se, o, os, a, as, lhe, lhes, nos, vos) podem figurar antes  do verbo (próclise), depois (ênclise) ou no meio (mesóclise). Como a colocação pronominal é assunto bastante explorado em provas de concursos, disponibilizamos 50 exercícios sobre este assunto..
50 EXERCÍCIOS DE COLOCAÇÃO PRONOMINAL
Julgue C (certo) ou E (errado) os itens abaixo:
1. (   ) O presente é a bigorna onde se forja o futuro.
2. (   ) Nossa vocação molda-se às necessidades.
3. (   ) Se não fosse a chuva, acompanhar-te-ia.
4. (   ) Macacos me mordam!
5. (   ) Caro amigo, muito lhe agradeço o favor…
6. (   ) Ninguém socorreu-nos naqueles momentos difíceis.
7. (   ) As informações que se obtiveram, chocavam-se entre si.
8. (   ) Quem te falou a respeito do caso?
9. (   ) Não foi trabalhar porque machucara- se na véspera.
10. (   ) Não só me trouxe o livro, mas também me deu presente.
11. (   ) Ele chegou e perguntou-me pelo filho.
12. (   ) Em se tratando de esporte, prefere futebol.
13. (   ) Vamos, amigos, cheguem-se aos bons.
14. (   ) O torneio iniciar-se-á no próximo Domingo.
15. (   ) Amanhã dizer-te-ei todas as novidades.
16. (   ) Os alunos nos surpreendem com suas tiradas espirituosas.
17. (   ) Os amigos chegaram e me esperam lá fora.
18. (   ) O torneio iniciará-se no próximo domingo.
19. (   ) oferecida-lhes as explicações, saíram felizes.
20. (   ) Convido-te a fazeres-lhes, essa gentileza.
21. (   ) Para não falar- lhe, resolveu sair cedo.
22. (   ) É possível que o leitor nos não creia.
23. (   ) A turma quer-lhe, fazer uma surpresa.
24. (   ) A turma havia convidado-o para sair.
25. (   ) Ninguém podia ajudar-nos naquela hora.
26. (   ) Algumas haviam-nos contado a verdade.
27. (   ) Todos se estão entendendo bem.
28. (   ) As meninas não tinham nos convidado para sair.
29) Assinale a frase com erro de colocação pronominal:
a) Tudo se acaba com a morte, menos a saudade.
b) Com muito prazer, se soubesse, explicaria-lhe tudo.
c) João tem-se interessado por suas novas atividades.
d) Ele estava preparando-se para o vestibular de Direito.
30) Assinale a frase com erro de colocação pronominal:
a) Tudo me era completamente indiferente.
b) Ela não me deixou concluir a frase.
c) Este casamento não deve realizar-se.
d) Ninguém havia lembrado-me de fazer as reservas.
31. (    )  Quando  se estudaram minuciosamente as propostas, descobriram- se todas as falhas.
32. (    )  Segundo informaram- me na seção, já se encontram prontos os contracheques desta mês.
33. (    )  Os papéis que remeteram-me  estão em ordem, ainda hoje devolvê-los-ei como havia prometido-lhes.
34. (    )  Os professores haviam-nos instruído para as provas.
35. (    )  Nada chegava a impressioná-la em sua passividade.
36. (    )  Que Deus te acompanhe por toda a vida.
37. (    )  Quando lhes entregariam as provas, era um mistério que não lhes era possível desvendar.
38. (    )  A respeito daquelas fraudes, os auditores já haviam prevenido-os há muito tempo.
39. (    )  Os amigos entreolharam- se emocionados, mas não lhes deram mais nenhuma informação.
40. (    )  Aquele foi o livro que lhe eu dei como prova de admiração.
41. (    )  Admirou-me a despesa porque não havias-me dito que o presente iria custar-te tão caro.
42. (    )  Ainda não me havias falado essas injúrias.
43. (    )  Já de pé, banhando-me, ouço-lhe os passos no corredor.
44. (    )  Dir-se-ia que todos preferem-lhe ocultar os fatos.
45. (    )  Os alunos não têm preocupado-se com as provas.
46. (    )  Peça a dar- se- lhe- à o perdão.
47. (    )  Causava-me admiração ver aqueles jovens dedicando-se aos estudos, enquanto outros não se esforçavam nem um pouco.
48. (    )  Nada se faria, se ficassem de braços cruzados.
49. (    )  No caso de não cumprirem o horário das aulas, romperão-se as cláusulas contratuais.
50. (    )  Assim que sentiu-se prejudicado, reclamou seus direitos.
GABARITO
1. C
2. C
3. C
4. C
5. C
6. E
7. C
8. C
9. E
10. C
11. C
12. C
13. C
14. C
15. E
16. C
17. C
18. E
19. E
20. E
21. C
22. C
23. C
24. E
25. C
26. E
27. E
28. E
29. B
30. D
31. C
32. E
33. E
34. C
35. C
36. C
37. C
38. E
39. C
40. C
41. E
42. C
43. C
44. E
45. C
46. E
47. C
48. C
49. E
50. E