NO INICIO DO BLOG

18 de novembro de 2012

Um modelo de redação

TEMA
A importância da água para as civilizações do mundo

Título
Gotas de razão contaminam litros de vida

Introdução

O homem, como ser racional dominante da terra, com o passar dos séculos, foi acumulando conhecimento e desrespeito para com a terra e consigo mesmo. Ele foi destruindo em si próprio sua inocência e fé a respeito de todas as bênçãos naturais das quais esse planeta é dotado. E no acorde final dessa época terrorista, o homem está destruindo o fluido vital do planeta e de todos que nela habitam, a água.

Desenvolvimento 1
Todas as civilizações da antiguidade, sem exceção, originaram-se às margens de rios ou lagos. Mesmo com o desenvolvimento de tecnologias capazes de transportar a água, os grandes povos do passado utilizavam-na para irrigar suas plantações e não para desenvolver suas cidades longe de uma fonte de água potável. Tão fundamental é sua importância, que as maiores os civilizações de que se têm registros históricos semearam seus reinos ao longe de grandes rios, como os valores dos rios Tigre, Eufrates e Nilo, donde surgiram as civilizações de regadio, conhecidas assim devido à importância dos rios para as mesmas, que se utilizavam do regime das cheias dos rios para plantarem em terras férteis. Podemos exemplificar os Sumérios, Babilônicos, Acadianos, Assírios e Egípcios.

Desenvolvimento 2

Além de sua utilidade na agricultura e alimentação humana, o transporte é outra importante serventia deste em que cada vez mais é sub-respeitada, mas ninguém ousa questionar sua essencialidade para a humanidade. O transporte hidroviário se situa como o mais  barato em comparação ao ferroviário, sendo necessária a construção de eclusas quando preciso em rios de planalto. O rio Piracicaba é um bom exemplo de hidrovia, que integra o Tietê - Paraná, e consequentemente ajuda na integração comercial dos países do Mercosul.

Conclusão

Nietzsche é um autor de grande pensamento a respeito da  água, "A filosofia grega parece começar com uma ideia absurda, com a proposição: a água é a origem e a matriz de todas as coisas, porque  nela, embora apenas um estado de crisálida, está contido o pensamento:"tudo é um". Talvez, o que falte para os homens é perceber que, como na filosofia grega, na água tudo é um, os homens têm que se ver diante do espelho e enxergarem um só: a humanidade. A sua gota pode contaminar litros potáveis necessários, para outros, e uma gota de cada um pode salvar a vida de muitos, de si mesmo.

Até...

Postar um comentário