NO INICIO DO BLOG

2 de novembro de 2013

Avaliação das redações do vestibular da UFSM


Na UFSM

- A Comissão Permanente do Vestibular (Coperves) adota uma ficha de critérios com 10 itens, cada um vale um ponto. A avaliação é feita por 20 duplas, compostas por professores da Faculdade de Letras da própria universidade e por outros de diferentes instituições, aprovados em seleção pública.

- Dois avaliadores corrigem o texto e estabelecem uma nota. Havendo diferença — mesmo pequena, como um ponto — um terceiro avaliador pode ser chamado para equalizar o resultado.

- Em casos de tangenciamento, isto é, em que o assunto proposto não é integralmente tratado no texto, a nota é reduzida, mas não zerada. Candidatos com nota inferior a 3 são excluídos da disputa.

- É muito difícil alguém tirar a nota máxima. Em 2012, apenas um texto recebeu 10.


Alguns Critérios

- O parágrafo de introdução delimita com eficiência o tema proposto.

- Nos parágrafos de desenvolvimento, a unidade e a progressão temáticas na apresentação das ideias contribuem para a coerência textual.

- Os argumentos são fundamentados em exemplos e/ou evidências relevantes e suficientes.

- O fechamento textual resulta da exploração adequada dos argumentos que sustentam a tese.

- A seleção lexical no texto é variada e utilizada como um recurso expressivo.

- A ortografia, as relações de concordância, regência e colocação estão ajustadas ao padrão culto da escrita.


O que zera a nota

- Fuga ao tema ou grafia ilegível

- Produzir um texto que não tenha caráter dissertativo, com, no mínimo, 20 linhas e, no máximo, 25 linhas
Postar um comentário