NO INICIO DO BLOG

11 de dezembro de 2014

Expectativa da correção da redação do ENEM


Vários leitores estão nos enviando mensagens com perguntas acerca do cumprimento da proposta de redação do Enem 2014 cujo tema foi “A publicidade infantil em questão no Brasil”. Como este tema foi surpresa para a maioria dos candidatos que prestaram a 16ª edição do exame, muitos estão com receio de terem, com seus textos, obtido notas aquém do esperado ou até tangenciado ou fugido do tema.
No entanto, esse cenário desesperador poderia ser amenizado se o Ministério da Educação (MEC) juntamente com o Instituto de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgasse o que muitas universidades divulgam: as expectativas da redação do Enem 2014.
Normalmente, dias após o vestibular, as universidades divulgam para os candidatos daquele exame e para as demais pessoas que pensam, um dia, em serem candidatos a expectativa da banca elaboradora acerca da proposta de redação. Neste documento, a banca esclarece seus objetivos e, sem maiores detalhes para não prejudicar a correção, comenta o que esperava dos textos, ou seja, quais eram as expectativas ao criar a proposta de produção textual.
Desse modo, escolas, cursinhos pré-vestibulares e candidatos têm uma ideia de quais foram as expectativas e, consequentemente, os objetivos e intenções da banca elaborada de determinado vestibular. Com esta noção, o tema da proposta de redação pode ser melhor trabalhado em sala de aula não só no ano daquela edição da prova, mas também nos anos seguintes.
O Enem poderia divulgar as expectativas das suas propostas de redação e, portanto, situar os milhões de candidatos em todo o Brasil que se questionam se tomaram as melhores decisões e se abordaram o tema como esperava a banca.
Caso as expectativas das propostas de redação do Enem fossem divulgadas, o processo avaliativo e de correção seria mais transparente, algo que tanto se pede há muito tempo.
Postar um comentário