NO INICIO DO BLOG

26 de dezembro de 2014

Pronomes possessivos

Pronomes Possessivos
São palavras que, ao indicarem a pessoa gramatical (possuidor), acrescentam a ela a ideia de posse de algo (coisa possuída).
Por exemplo: Este caderno é meu. (meu = possuidor: 1ª pessoa do singular)

Observe o quadro:
NÚMEROPESSOAPRONOME
singularprimeirameu(s), minha(s)
singularsegundateu(s), tua(s)
singularterceiraseu(s), sua(s)
pluralprimeiranosso(s), nossa(s)
pluralsegundavosso(s), vossa(s)
pluralterceiraseu(s), sua(s)
Note que:
A forma do possessivo depende da pessoa gramatical a que se refere; o gênero e o número concordam com o objeto possuído.
Por exemplo:
Ele trouxe seu apoio e sua contribuição naquele momento difícil.
Observações:
1 - A forma seu não é um possessivo quando resultar da alteração fonética da palavra senhor.
Por exemplo:
- Muito obrigado, seu José.
2 - Os pronomes possessivos nem sempre indicam posse. Podem ter outros empregos, como:
a) indicar afetividade.
Por exemplo:
- Não faça isso, minha filha.
b) indicar cálculo aproximado.
Por exemplo:
Ele já deve ter seus 40 anos.
c) atribuir valor indefinido ao substantivo.
Por exemplo:
Marisa tem lá seus defeitos, mas eu gosto muito dela.
3- Em frases onde se usam pronomes de tratamento, o pronome possessivo fica na 3ª pessoa.
Por exemplo:
Vossa Excelência trouxe sua mensagem?
4- Referindo-se a mais de um substantivo, o possessivo concorda com o mais próximo.
Por exemplo:
Trouxe-me seus livros e anotações.
5- Em algumas construções, os pronomes pessoais oblíquos átonos assumem valor de possessivo.
Por exemplo:
Vou seguir-lhe os passos. (= Vou seguir seus passos.)
Postar um comentário