NO INICIO DO BLOG

24 de março de 2018

QUE INSEGURANÇA !!!



Mesmo quem não tem tanta dificuldade em escrever pode se sentir inseguro quando a questão é fazer uma redação no Enem, vestibular ou concurso. Isso acontece pois é difícil mensurar “certo” ou “errado” quando se escreve um texto. Diferente, por exemplo, de uma questão de múltipla escolha, em que vamos poder conferir nossas respostas como num gabarito. Também é difícil estar preparado pra qualquer tema e lidar com o tempo limitado é complicado. Pois bem, estamos aqui para te ajudar a sair desse sufoco com umas dicas.

Qual o porquê da insegurança?

O que exatamente te dá medo no ato de escrever? Por exemplo, a falta de hábito de leitura e de escrita é o uma das causas dessa insegurança. Até mesmo quando temos uma rotina de estudos, estamos habituados a ler textos diluídos, como os de apostilas. Com isso, perdemos o hábito de ler textos mais densos, como uma obra literária, por exemplo. A falta desse hábito faz com que tenhamos um repertório reduzido e pouca intimidade com diferentes tipos de textos, o que nos prejudica na hora da produção autoral. Analise quais são suas principais dificuldades: é na redação em si ou em gramática? Ou você sente que não tem repertório o bastante, ou seja, precisa de um argumento, mas, na sua cabeça, dá pra ouvir o barulho dos grilos? Perceber quais são suas principais dificuldades e trabalhar para corrigí-las é o primeiro passo para se tornar o rei da redação.

E a escrita?

Olha, até que escrevemos bastante. Há quem diga que a humanidade nunca escreveu tanto. No entanto, escrevemos mensagens de WhatsApp, e-mails e posts em redes sociais. Isso não contribui em nada quando se tem que escrever um texto em que precisamos desenvolver uma ideia, fundamentar um argumento. Ainda mais que nos tornamos completamente dependentes dos auto corretores. Aí ficamos na dúvida naquela conjugação, e esse acento, será que vai aqui mesmo? Há aqueles que nem conseguem mais reconhecer a propría letra. Vamos dar um conselho meio good vibes: conecte-se novamente com sua habilidade de escrever à mão! Esses dedões também conseguem envolver um lápis. Exercite sua escrita, faça o planejamento do seu texto num papel e deixa a mágica acontecer.

Mas qual vai ser o tema?

É bem normal ficar inseguro quanto ao tema, pois é algo que realmente não tem como adivinhar qual vai cair. Mas todas essas questões têm a mesma resposta: você só vai diminuir a insegurança de fazer redação praticando a escrita. Não há outra saída! Nós temos muitos, mas muuuitos temas de redação no blog. Vai lá dar uma olhada, espertão. Outra coisa, gente informada não se desespera nessas horas. Por exemplo, no ENEM, o tema sempre está ligado a um assunto que foi muito discutido durante o ano. Assistiu o Jornal Nacional, leu as problematizações do Facebook, abriu aquela notícia do G1 e da Carta Capital, pra dar uma balanceada? Então vai que é tua!
Postar um comentário