No inicio do blog

17 de julho de 2016

BLOG DO GRAMATICANDO



Como ter ideias para escrever uma dissertação? Se você fizer uma pesquisa na internet, você encontrará respostas sábias e profundas, como por exemplo: "as ideias saem da sua cabeça e não de fora. Então é preciso ter alguma coisa na cabeça". Que resposta profunda. Mudou a minha vida. 

Bem, mas vamos ao que interessa. Para driblar o famoso "deu branco" e o "não sei nem como começar a primeira linha", você precisa incentivar a sua mente a ir atrás das ideias (já que, infelizmente, elas não vão cair de paraquedas). E para fazer a sua mente trabalhar, nada é tão poderoso e eficaz quanto asperguntas: elabore perguntas para você mesmo responder. 

Formule Perguntas

O tema geralmente aparece em forma de uma frase (veja bem: eu disse "geralmente"). Ficar olhando para uma frase sem saber direito no que pensar não o ajudará a arranjar ideias (é um convite para o "deu branco"). Porém, se você transformar uma frase em várias perguntas e ir atrás das respostas, então você estará indo atrás das ideias. 

Vamos supor que o tema de nossa redação seja sobre Publicidade Infantil (que foi o tema do Enem da edição de 2014). Vamos, agora, entrar na cabeça da pessoa que transforma o tema em perguntas para ela mesma responder. Vamos ver como é o raciocínio dela:

TemaPublicidade infantil em questão no Brasil

Pergunta 1: O que é publicidade infantil?
Pergunta 2: Quais são os problemas da publicidade infantil?
Pergunta 3: O que eu penso sobre publicidade infantil?
Pergunta 4: Quais são as consequências da publicidade infantil?
Pergunta 5: O que os pais devem achar sobre a publicidade infantil?
Pergunta 6: O que as crianças devem achar sobre a publicidade infantil?
Pergunta 7: As crianças são vítimas da publicidade? 
Pergunta 8: Como a publicidade infantil "mexe" com a "cabecinha" das crianças? (em palavras bonitas: quais são os efeitos e o impacto da publicidade infantil sobre as crianças?). 
Pergunta 9: Quais são os exemplos de publicidade infantil que eu conheço?
Pergunta 10: O que eu acho desses exemplos? Qual é o impacto dessas propagandas sobre as crianças. 
Perguntas 11, 12, 13...

Todas essas perguntas vão dar origem a várias respostas e todas essas respostas se converterão em ideias. Então, bastará escolher as melhores ideias para desenvolver a redação. A pessoa fica tão concentrada em elaborar perguntas e encontrar as respostas que ela não terá tempo para pensar "ai meu Deus! Deu branco! O que eu escrevo? Como eu começo? O tempo está correndo!". As perguntas incentivam as ideias e economizam o tempo que seria desperdiçado se pensando em inutilidades. 

Enquanto isso, na cabeça da pessoa que não sabe o que fazer e que realmente acreditou que o tema ia ser Copa do Mundo (só porque todo os sites estavam dizendo isso em 2014), temos o seguinte cenário dentro da cabeça dela:

"Tema: Publicidade infantil em questão no Brasil..."

Dois minutos depois:

"Tema: Publicidade infantil em questão no Brasil..."

Um minuto depois:

"Publicidade... infantil... Que horas são? Ai meu Deus! Publicidade... Infantil... E eu pensando que o tema ia ser sobre a Copa, eleições..." (30X)

Resumindo:


Formule sua estratégia

Se o tema de redação pegar você de surpresa, tenha em mente que o tema não vai mudar magicamente (ele será esse mesmo). Então, ocupe a sua mente com o que realmente interessa. Uma boa estratégia é transformar o tema em perguntas porque as perguntas vão incentivar a sua mente a correr atrás das respostas, que por sua vez darão origem às ideias. Se você não tiver nenhuma estratégia para ocupar a sua mente e fazê-la trabalhar, as ideias não vão cair de paraquedas do céu. 

As perguntas movem o mundo. Todas as maiores ideias e descobertas da história da humanidade surgiram por causa das perguntas. Então por que na redação seria diferente?

Postar um comentário