NO INICIO DO BLOG

8 de julho de 2016

TEMAS DE REDAÇÃO ENEM

1. Espaços de convivência

Nos últimos anos, temos observado que os espaços de convivência tem sido cada vez mais fechados, comoshoppings, lanchonetes, etc enquanto que os espaços públicos, como praças, têm perdido seu uso social. Pense sobre as causas e consequências dessa transformação.

2. Indústria alimentícia

Outra modificação na sociedade atual é sobre a forma de nos alimentarmos. Fast food, transgênicos, entre outros pontos geram inquietações sobre a qualidade dos alimentamos que consumimos. É interessante questionar o impacto disso na saúde e no modo de vida da população.

3. Desigualdade racial

Negros, índios, imigrantes, etc são minorias em questão de direitos e oportunidades na sociedade brasileira. Isso gera violência, discriminação, desigualdade salarial, entre outras problemáticas que devem ser urgentemente discutidas em nossa realidade.

4. População LGBT

Outro grupo social que sofre constante discriminação e violência na sociedade brasileira é a população LGBT. Essa é uma discussão que necessita ser feita, além da urgência em pensar soluções, como o exemplo do programa Transcidadania em vigência atualmente na Prefeitura de São Paulo.

5. Intolerância religiosa

Cada vez mais, a sociedade tem percebido uma gama maior de religiões. Essa diversidade tem causado intolerância de umas com as outras, além de estereotipação e visão errada de muitas delas, como islamismo e umbanda, por exemplo. É interessante pesquisar os principais conflitos e as consequências que já ocorreram por intolerância religiosa.

6. Xenofobia nas imigrações

O mundo tem vivido ondas de imigração e a chegada dessas pessoas em outros países tem sido, na maioria das vezes, hostil, além de sofrerem preconceito simplesmente pela sua nacionalidade – que é a definição de xenofobia. Exemplo disso é a população síria que tem vivido na França.

7. Responsabilidade ambiental das empresas

A ideia de sustentabilidade nas empresas sempre foi algo discutido, mas agora, principalmente por causa do acidente da Vale em Minas Gerais, a responsabilidade socioambiental das corporações é ainda mais preocupante e passível de discussão. É importante estudar esse caso e estar atento às consequências e repercussão que ainda acontecerão no decorrer de 2016.

8. Pequenas corrupções

A ética pode ser discutida em diversos aspectos e situações. Uma delas é sobre as ações cotidianas que cometemos, como furar fila, estacionar em local para deficientes e idosos, falsificar documentos e atestados etc. A problemática dessas pequenas corrupções deve ser refletida e analisada.

9. Moda e individualidade

Cada vez mais, as pessoas têm utilizado a maneira de se vestir como um reflexo de sua personalidade. A relação entre a moda e a busca de individualidade dos sujeitos pode ser analisada como um fenômeno contemporâneo que tenha implicações nas relações sociais.

10. Trote nas universidades

O trote é visto como a confraternização e socialização dos ingressantes (bixos) de uma universidade com os estudantes mais antigos. Porém, essa relação, por se dar de forma hierárquica, muitas vezes se tornando abusiva, gerando casos de violência, bullying etc.

11. Sistema prisional brasileiro

O sistema carcerário brasileiro está superlotado e encontra-se com várias deficiências e problemáticas. Será a prisão, como ela é hoje, o melhor jeito de lidar com a população penal? Tanto os problemas como alternativas devem ser discutidas urgentemente no Brasil.

12. Violência urbana

A violência urbana pode incluir estupro, assaltos, linchamentos etc. Nesse caso, é importante estudar as especificidades de cada tipo de violência e levantar algumas reflexões, como as causas, se porte de armas aumentaria ou não a violência, a segurança pública, entre outros pontos.

13. Ativismo nas redes sociais

As redes sociais têm sido usadas para movimentar causas sociais. Desde campanhas e curtidas até o agendamento de manifestações na rua. Esse fenômeno merecer ser estudado para refletir se é benéfico e se realmente traz modificações e reflexos na vida real.

14. Cotas nas universidades

Existem diferentes tipos de cotas (por renda, para escola pública, para deficientes e para etnias) nas universidades e algumas estão interligadas. Antes de pensar se são justas ou benéficas, é importante sair do senso comum, já que tem muita informação errada divulgada por aí, e pesquisar como as cotas realmente funcionam e quais são seus resultados.

15. Conceito de família

O conceito de família tem sido muito discutido por causa do projeto de lei que define família como a união entre homem e mulher. Mães solteiras, avôs que criam netos, famílias homo-normativas e vários outros casos, dessa forma, ficam excluídos da noção de família e dos direitos cabíveis a eles, como programas de assistência social e adoção.

16. Estética e saúde

A valorização de um padrão de beleza causa preocupação de muitas pessoas pela sua estética. Academias, cirurgias plásticas e dietas são exemplos disso. Em muitas pessoas, isso também causa doenças como anorexia e outras complicações. É importante analisar a relação e os limites entre a estética e a saúde.

17. Modelos de educação

Novos modelos de educação têm sido discutidos na sociedade, como escola em tempo integral, novo currículo, novas atividades e interdisciplinariedade, entre outros assuntos. É importante conhecer mais sobre essas propostas, além de saber as principais deficiências do modelo atual de ensino.

18. Trânsito nas metrópoles

Nas grandes cidades, a locomoção tem ficado cada vez mais difícil, e algumas alternativas têm sido discutidas, como aumento de ciclovias, uso de transporte público etc. Pesquise sobre os principais problemas e soluções debatidos e implantados nas Prefeituras das metrópoles brasileiras.

19. Liberdade de expressão da mídia

Os meios de comunicação são a principal fonte de informação para a sociedade. Por isso, deve-se analisar a responsabilidade que elas têm, já que liberdade de expressão é diferente de liberdade de imprensa. É importante discutir sobre a veracidade de informações transmitidas pelas mídias.

20. Uso de drogas pelos adolescentes

Sabemos que os jovens têm acesso às drogas, lícitas e ilícitas. Muitas vezes, o uso de entorpecentes começa de forma “recreativa” em festas e encontros. É importante discutir essa realidade e as problemáticas que isso causa, como dependência e relação com o tráfico, por exemplo.
Postar um comentário