No inicio do blog

25 de julho de 2016

COMO ESCREVER?

Há determinações para que se empreguem iniciais maiúsculas nos antropônimos(nomes de pessoas, reais ou não: Ana, Pedro, Gandalf, Pokemon), nos topônimos (nomes de lugares: Bahia, Curitiba, Olimpo, Valhala), nos nomes de seres mitológicos (Hércules, Minotauro, Thor, Curupira), nos nomes de instituições (Igreja – igreja é a construção; Estado – estado é a unidade federativa; União) e no início de períodos.
As letras minúsculas devem ser empregadas nas demais situações e chamamos atenção para os equívocos provocados por normas gramaticais de outros idiomas (como nos dias da semana que, em Português, são grafados com letras minúsculas).
Existem, entretanto, situações em que a escolha é do redator, ou seja, maiúsculas são opcionais, conforme o Acordo Ortográfico, na sua Base XIX. Os casos são os seguintes:
  • nos nomes de logradouros públicos, templos e edifícios:
    Rua da Paz ou rua da Paz
    Avenida Tiradentes ou avenida Tiradentes
    Sinagoga Kehilat Israel ou sinagoga Kehilat Israel
    Igreja do Rosário ou igreja do Rosário
    Edifício Martinelli ou edifício Martinelli
  • nos vocábulos que compõem o nome de uma obra:
    Ensaio sobre a Cegueira ou  Ensaio sobre a cegueira
    Grande Sertão: Veredas ou Grande sertão: veredas
    Em Busca do Tempo Perdido ou Em busca do tempo perdido
    Obs: a primeira palavra do título sempre será grafada com maiúscula e os artigos e preposições, com minúsculas
  • nas formas de tratamento e reverência (axiônimos), bem como em nomes sagrados (hagiônimos) e que designam crenças religiosas:
    Exemplos:
    Presidente Getúlio Vargas ou presidente Getúlio Vargas
    Papa João Paulo II ou papa João Paulo II
    Excelentíssimo Senhor José da Silva ou excelentíssimo senhor José da Silva
    Santa Maria ou santa Maria
    São João ou são João
    Profeta Maomé ou profeta Maomé
  • nos nomes das disciplinas ou ramos do conhecimento:
    Matemática ou matemática
    Física ou física
    Literatura Brasileira ou literatura brasileira
Embora haja essa dupla possibilidade de grafia, é sempre bom lembrar que se deve manter uma uniformidade no texto, ou seja, se você escolher nomear um santo com o ‘título’ em minúscula, como santo Antônio, todos os demais santos deverão seguir o padrão: são João, são Bento, santo Onofre. Ou se a opção for pela inicial maiúscula, todos deverão seguir essa escolha.
Ainda retomando os nomes dos santos, também convém lembrar que essa regra vale para a personalidade apenas, mas quando tal denominação for dada aos topônimos (nomes de lugares) volta a valer a obrigatoriedade das maiúsculas:
São Paulo ou são Paulo – propagador do Cristianismo pelo Império Romano
São Paulo – capital do estado
Postar um comentário