NO INICIO DO BLOG

14 de março de 2014

Estrutura verbal

Estrutura do Verbo (Radical + Vogal Temática + Desinência Modo-Temporal e Desinência Número-Pessoal)

Estrutura das formas verbais:
Há três tipos de morfemas (partes da palavra) que participam da estrutura das formas verbais: o radical, a vogal temática e as desinências:
a. RADICAL -é o morfema que concentra o significado essencial do verbo:
estud -ar    vend-er     permit-ir
am-ar     beb-er     part-ir
cant-ar     escond-er     proib-ir
b. VOGAL TEMÁTICA – é o morfema que permite a ligação entre o radical e as desinências. há três vogais temáticas:
-a- caracteriza os verbos da primeira conjugação: solt-a-r, cant-a-r
-e- caracteriza os verbos da segunda conjugação: viv-e-r, esquec-e-r
O verbo PÔR e seus derivados (supor, repor, compor, etc) pertencem à segunda conjugação, pois sua vogal temática é -e-, obtida da forma portuguesa arcaica poer, do latim poere.
-i- caracteriza os verbos de terceira conjugação: assist-i-r, decid-i-r
b. DESINÊNCIAS – são morfemas que se acrescentam ao tema para indicar as flexões do verbo. Há desinências número-pessoais e desinências modo-temporais:
Ex.:     CANT (Radical)+ Á (Vogal Temática) + SSE (Desinência modo-temporal) + MOS (Desinência Número-Pessoal)
RADICAL: é a base de sentido do verbo
VOGAL TEMÁTICA: indica a conjugação (1ª, 2ª, 3ª)
DESINÊNCIA MODO-TEMPORAL: indica o modo (indicativo ou subjuntivo) e otempo verbal (presenta, passado, futuro)
Essas desinências são fundamentais para notarmos em que modos e tempos os verbos estão e com isso sabermos empregá-los.
Postar um comentário