NO INICIO DO BLOG

10 de maio de 2016

De menor, menor

 
Ele é menor ou ele é de menor?

Agora vamos falar de uma mania que se espalhou de tal jeito que as pessoas já não sabem se estão falando certo ou errado. É o caso da expressão DE MENOR, que já é empregada até pelos meios de comunicação.
Mas cuidado! Embora amplamente utilizada e aceita por alguns estudiosos, ela não é oficial. Eu vou explicar.
Se você diz: Eu sou menor de tamanho, deve dizer... Eu sou menor de idade.
Se quiser reduzir a expressão, diga apenas Eu sou menor, mas não DE MENOR!
Outra expressão deve ser evitada é o POR CAUSA QUE.
A palavra CAUSA exige a preposição DE que pode vir acompanhada do artigo O ou do artigo A, formando DO e DA.
Se falamos: Segundo o candidato, a causa DA violência é a miséria...
Poderia falar: Segundo o candidato, por causa DA miséria existe violência.
Quer saber de outra possibilidade?
No lugar de POR CAUSA QUE, podemos PORQUE:
Segundo o candidato, existe violência PORQUE há muita miséria.
Tem ou têm?
Você alguma vez já se perguntou por que a forma verbal TEM às vezes aparece com o acento circunflexo e às vezes ela vem sem o acento? Hoje eu vou explicar por quê. 
Você deve usar a forma verbal TEM sem acento circunflexo quando ela se referir à terceira pessoa do singular. Por exemplo, em:
Maria TEM 20 anos;
A forma verbal TEM não leva acento, pois se refere à terceira pessoa do singular.
Mas se a frase for: Maria e Carlos TÊM 20 anos; aí se trata de terceira pessoa do plural e o TEM leva acento circunflexo.
Assim sendo: Ele tem, mas eles têm.
Mas cuidado com os verbos derivados do verbo TER como MANTER, RETER, CONTER...
Além de apresentar o acento circunflexo na terceira pessoa do plural, eles ganham um acento agudo na terceira pessoa do singular:
Ele mantém/ eles mantêm;
Ele retém/ eles retêm;
Ele contém/ eles contêm
Postar um comentário