NO INICIO DO BLOG

11 de maio de 2016

Proibido - proibida



Quando o sujeito for tomado em sua generalidade, sem qualquer determinante, o verbo ser - ou qualquer outro verbo de ligação (estar, parecer, ficar, permanecer, continuar) - ficará no singular, e o predicativo do sujeito, no masculino, singular.

Se o sujeito vier determinado, ou seja, acompanhado por artigo, adjetivo ou qualquer outra palavraque o modifique, a concordância do verbo e do predicativo será regular, ou seja, tanto o verbo quanto o predicativo concordarão com o determinante. Por exemplo:

- Caminhada é bom para a saúde.

Nessa frase não há determinante, por isso o verbo (é) ficou no singular e o predicativo (bom) no masculino, singular.

- As minhas caminhadas são boas.

Nessa frase há determinante, por isso o verbo (são) e o predicativo (boas) concordaram com o sujeito.

Veja outros exemplos:

- É proibido entrada de crianças.
- Entrada de crianças é proibido.
- É proibida a entrada de crianças.
- A entrada de crianças é proibida.
- É necessário angústias para o crescimento psicológico.
- Angústias é necessário para o crescimento psicológico.
- São necessárias as angústias para o crescimento psicológico.
- As angústias são necessárias para o crescimento psicológico.
- Pimenta é bom?
- É bom pimenta?
- Esta pimenta é boa?
- É boa esta pimenta?
Postar um comentário