NO INICIO DO BLOG

29 de novembro de 2014

Aos meus alunos do Ruyzão


E um dia vocês acordam e descobrem que o ensino médio não  dará um futuro melhor, que  não irão casar com o grande amor da sua vida e morar em uma casa na praia, que na verdade  nunca tiveram um grande amor, que era só mais uma fantasia  de adolescentes.
Vocês percebem o quanto eram   alienados, que o status de “descolado” e “popular” na escola, hoje não  serve para nada, e nessa hora  compreendem, que deveriam ter curtido menos a adolescência e planejado mais o  futuro.
Um dia  simplesmente descobrem que a vida não é nada fácil, que seus pais tinham razão quando diziam isso, que seus professores eram verdadeiros anjos, perto do chefe que  terão. 
Um dia  compreendem que a vida não é só curtição, que todo mundo é amigo na balada ou na mesa de um bar, mas poucos são aqueles que vão estar lá nas horas difíceis.
Um dia  descobrem a importância do conhecimento, deixam de assistir as bobagens da TV, começam a ler mais e assistir o jornal que seu pai assiste, que antes achavam um saco, e do nada  se tornam mais críticos, e então em um piscar de olhos passam para o clube dos “caretas”.
Descobrem que a realização dos  sonhos depende só de vocês.Então  trabalham, estudam, viram noites, dormem pouco, e descobrem a força que tem. 
Percebem que as pessoas só enxergam a parte fácil da sua vida: as suas conquistas, mal sabem elas a batalha que enfrentaram, e por isso, sentem inveja.
E compreendem que nem sempre a vida é justa, que competição existe a todo tempo, uma competição bem maior, que aquela das roupas de marcas ou celulares do ano que  tinham para impressionar os colegas na adolescência. 
Não existe essa história que todo mundo é igual, não no jogo da vida. O  rostinho bonito ,se você tiverem, por si só não vai  fazer  vencedores.
Um dia  descobrem que felicidade mesmo é ser bem sucedido na vida sentimental, profissional e financeira, é essa a tão sonhada fórmula da felicidade,mas que infelizmente não dá pra ter tudo nessa vida.
E quando descobrirem tudo isso, vão se jogar no jogo da vida, assumirem uma postura bem diferente, que nunca imaginaram ter: a de não acomodado com a vida e com a situação, sentem-se capazes de fazer diferente, assumem duras responsabilidades.Agora são incansáveis, nada pode detê-los, muitos vão  vê-los como  estranhos, caretas ou sonhadores.Mas essas coisas pequenas não  interessam mais, na  cabeça apenas um pensamento: o tempo é agora!”
Postar um comentário