NO INICIO DO BLOG

10 de junho de 2016

AOS MEUS SEGUIDORES COM CARINHO


O Cérebro humano é uma máquina poderosa, misteriosa e, incontestavelmente, fantástica. Não há nada que você faça sem que ele seja o grande responsável. Ler, cheirar, correr e sentir dor são apenas alguns dos incontáveis exemplos do funcionamento do cérebro. Aliás, os sentimentos, muitas vezes atribuídos ao coração, também são controlados pelo cérebro.
Uma comparação razoável seria a seguinte: o cérebro está para o corpo humano assim como a CPU (sigla em inglês para Central Processing Unit, que traduzindo para o Português significa “Unidade Central de Processamento”), está para o computador.
O mais engraçado (e contraditório!) é ver como diversos estudantes esquecem desse pequeno detalhe e, ao se prepararem para estudar, pensam em tudo, menos no cérebro. Eles acertam as costas, ajeitam as pernas, ligam o ventilador e endireitam o pescoço. E quando vão estudar, nem conseguem começar, pois a principal parte que ele irá utilizar para estudar está muito longe dali.
Pensando nisso, trouxemos duas dicas simples que ajudarão você a preparar sua cabeça sempre que for iniciar os estudos para o Enem.

1. Esvazie seu cérebro

Caso você esteja cheio de preocupações, para não entrar em “parafuso”, o cérebro se desliga (distração!) por algum tempo. E, a partir deste momento, ele (ou seja, você!) não fixará nenhum conteúdo escolar. É claro que não é nada fácil esvaziar a mente e sumir com as preocupações alheias a sua preparação. Mas com alguns minutos de respiração profunda e um pouquinho de força de vontade, certamente aprenderá a baixar a adrenalina e conseguirá dar o primeiro passo para começar, de fato, uma sessão de estudos.

2. Não seja negativo

Sempre que você estudar mentalizando que esse ou aquele assunto é chato ou entediante, automaticamente seu cérebro irá assimilar esses pensamentos e tentará afastá-lo daquilo que não lhe agrada. Ou seja, começará a sentir vontade de ir no banheiro, sono, fome, sede, enfim, qualquer motivo para lhe tirar dali. Assim sendo, muito cuidado com o que pensa. Ao invés de ser negativo, tente se animar! Repita, antes de iniciar os estudos, a seguinte frase: “Vou aprender agora um assunto que será muito importante para a prova e para a vida.”
Seguindo essas dicas, temos certeza que irá se surpreender com o que seu cérebro é capaz.
Postar um comentário