No inicio do blog

28 de junho de 2016

Introdução = Apresentação do Tema + Apresentação da Tese - um dilema dos vestibulandos!!!


Introdução = Apresentação do Tema + Apresentação da Tese

introdução é o primeiro parágrafo da dissertação e ela deve conter, pelo menos, duas estruturas: apresentação (ou contextualização) do tema e apresentação da tese (que é formada pelas ideias principais de cada parágrafo de desenvolvimento). 

Observação: também podemos considerar que os argumentos formam uma terceira estrutura, separando-os da tese. Essa é apenas uma maneira de definir os conceitos. O que importa é que a introdução deve apresentar o tema e a tese (ideia ou ideias principais da redação). 

Vamos supor que o tema esteja relacionado com “internet”. Então, eu preciso começar a minha redação apresentando esse tema, contextualizando-o e o apresentando de alguma forma. Veja alguns exemplos:

1) “A internet faz parte da sociedade moderna e é uma característica marcante da geração atual”.
2) “A internet é o reflexo do avanço tecnológico promovido pelo homem, que transcende as barreiras físicas e passa a viver num universo virtual sem fronteiras”.
3) “Assim como muitas invenções mudaram a história do homem, a internet se revelou como o marco de uma nova geração e de uma nova cultura”.

Observe que há diversas maneiras de se apresentar o tema. Geralmente, a melhor estratégia é trabalhar com definições e com conceitos e, para tanto, basta se perguntar: o que é internetO que ela proporciona à sociedade? Pense em tudo o que você sabe a respeito do tema e procure o que você sabe de melhor dele. 

Vamos adotar o item 1: “A internet faz parte da sociedade moderna e é uma característica marcante da cultura atual”. 

Agora que já apresentamos o tema, nós precisamos nos posicionar a respeito dele, ou seja: nós precisamos de uma tese (opinião).

O tema “internet” é muito amplo e podemos falar muita coisa ao seu respeito. Porém, de modo geral (em minha opinião), eu acredito que ela pode servir tanto para o bem quanto para o mal. Logo, a minha opinião é: “a internet serve para o bem e para o mal”. A partir dessa opinião eu irei formular a minha tese:

“A internet possui tanto aspectos positivos quanto negativos e isso depende de seu uso”.

Veja que a minha opinião é: “a internet é boa e também é má e isso depende do internauta”. Agora, eu preciso convencer o leitor da melhor maneira possível a aceitar essa opinião. Para tanto, precisamos de ideias (argumentos) e cada argumento será explicado e desenvolvido em cada parágrafo de desenvolvimento. Uma boa maneira é pensar na tese como a união das ideias principais de cada parágrafo de desenvolvimento. Por isso que, para começar a escrever a redação, nós precisamos planejar o texto, pensando no que vamos escrever em cada parágrafo. 

Como a redação geralmente tem dois parágrafos de desenvolvimento, então eu preciso de dois argumentos que me ajudem a convencer o leitor a aceitar a minha opinião.

Argumento 1: “a internet é boa porque facilita o acesso ao conhecimento e à informação”.
Argumento 2: “a internet é ruim porque ela não é muito segura, o que dá margem a diversos problemas”.

Bem, então nós já temos a apresentação do tema e da tese (junto com os argumentos). Isso quer dizer que já temos a nossa introdução:

A internet faz parte da sociedade moderna e é uma característica marcante da cultura atual.  O seu principal aspecto positivo é a facilidade de acesso ao conhecimento e à informaçãoentretanto o seu mau uso pode prejudicar os seus usuários de inúmeras formasO que a caracteriza como benéfica ou maléfica é o modo que ela é usada”.

Roxo: apresentação do tema
Azul: argumento 1 (dará origem ao primeiro parágrafo de desenvolvimento)
Verde: argumento 2 (dará origem ao segundo parágrafo de desenvolvimento)
Vermelho: opinião (tese)

Claro que isso não é regra, pois cada pessoa tem o seu próprio estilo de escrita. 

Observe que temos nesse parágrafo todos os elementos necessários para fazer uma introdução. Apresentamos tanto o tema como a tese e indicamos os dois argumentos principais que vão dar origem aos dois parágrafos de desenvolvimento. Logo, para escrevermos a introdução, é preciso termos uma ideia do que vamos escrever e também precisamos ter uma ideia de quais argumentos serão usados para defender a nossa opinião. Não podemos começar uma redação sem saber direito o que vamos escrever.

Portanto, antes mesmo de começar o parágrafo introdutório é importante que você faça um esquema com todas as suas ideias, arquitetando o conteúdo de seu texto, separando os argumentos principais e a tese. A introdução deve revelar ao leitor, de modo claro e objetivo, o tema, a tese e, junto com a tese, os argumentos que serão desenvolvidos ao longo da dissertação. Lembre-se: você irá apenas apresentar e indicar os argumentos. Ou seja: você não vai desenvolver nem explicar nada na introdução.
Postar um comentário