NO INICIO DO BLOG

23 de janeiro de 2017

OUTRA QUESTÃO PARA CONCURSO

A substituição do elemento grifado pelo pronome correspondente, com os necessários ajustes, foi realizada de modo INCORRETO em:
(A) manter o regime escravista = mantê-lo
(B) procurava extrapolar o sistema escravista = procurava extrapolá-lo
(C) 
restringiam o alistamento eleitoral = restringiam-no
(D) atuar na vida política = atuá-la
(E) estender as suas características = estendê-las
RESPOSTA: pessoas, o primeiro passo para resolver a questão de hoje é identificar a transitividade verbal. Se ficar na dúvida, pegue o Aurélio, o Houaiss ou um outro bom dicionário! Façamos isso com cada um dos verbos:
a) MANTER: é um VTD e, consequentemente, o seu complemento, “o regime escravista”, é OD.
b) EXTRAPOLAR: é um VTD. “O sistema escravista” é OD.
c) RESTRINGIR: é um VTD. “O alistamento eleitoral” é OD.
d) ATUAR: é um VI. “Na vida política” é um adjunto adverbial.
e) ESTENDER: é um VTD. “As suas características” é OD.
Conferida a transitividade dos verbos, temos que partir para a outra análise: os pronomes “o” e “a” (ou suas variações – no, na, nos, nas, lo, la, los, las) foram utilizados em todas as alternativas para substituir os termos grifados. A questão é: qual função sintática tais pronomes podem exercer? Uma brevíssima revisão, sem exemplos:
  • o/a, seus plurais e variações: podem exercer função de OD;
  • Lhe(s): pode exercer função de OI, adjunto adnominal e complemento nominal;
  • Me, te, se, nos, vos: podem exercer função de OD, OI, adjunto adnominal e complemento nominal.
Galera! Agora já sabemos que os pronomes o/a e variações somente exercem função de OD! Ficou fácil! Nas letras A, B, C e E, os termos sublinhados são objetos diretos, por isso podem ser substituídos por, respectivamente, LO, LO, NO e LAS.
A letra D, por sua vez, traz, grifado, um adjunto adverbial, que não admite a substituição proposta!
Então, gente, a RESPOSTA é a letra D!
Postar um comentário