NO INICIO DO BLOG

13 de novembro de 2016

Revisando análise sintática

No esquema abaixo você encontrará a "Frase-Mãe", que servirá para  estudar a Análise Sintática Interna.

 
Curso rápido de gramática  
 
Filho da mãe é adjunto adnominal , se for: ''Conheci um político filho da mãe".

Se for: ''O político é um filho da mãe",daí, é predicativo.

Agora, se for: ''Esse filho da mãe é um político",é sujeito.

Porém, se o cara aponta uma arma para a testa do político e diz: ''Agora nega o roubo, filho da mãe!"-daí é vocativo.

Finalmente, se for: ''O ex ministro, José Dirceu, aquele filho da mãe, desviou o dinheiro para o mensalão"-daí, é aposto.
Que Língua a nossa, não?

COMPLETANDO:se estiver escrito: ''Saiu da presidência em janeiro",o filho da mãe é sujeito oculto.

 
Análise Sintática Interna

A análise sintática interna examina a estrutura de um período que pode ser dividido em orações e determina a função sintática dos termos de cada oração. Neste texto, daremos uma breve noção do que é frase, oração, período e falaremos dos termos que compõem as orações:

FRASE
É todo enunciado capaz de transmitir tudo que pensamos a quem nos ouve:
Cuidado!     Que horror!    Por que agridem a natureza?


ORAÇÃO
É a frase que apresenta sujeito e predicado ou apenas predicado:
Nossa viagem será longa.             Choveu durante a noite.

PERÍODO
É um enunciado composto de uma ou mais orações. Pode ser simples (apenas uma oração) ou composto (mais de uma oração). De uma forma prática, cada oração é organizada em torno de um verbo:
Período simples:        O amor vence sempre.

Período composto:     O comandante garante que a tropa chegará a tempo.

Todas as frases verbais devem ter, obrigatoriamente, o sujeito e o predicado. O sujeito é tão importante que, quando a oração não o tiver, precisa-se ressaltar que a oração é sem sujeito ou é inexistente.
 Portanto:
Termos Essenciais = sujeito e predicado
Termos Integrantes= predicativo, objeto direto e indireto, agente da passiva e complemento nominal
Termos Acessórios = aposto, vocativo, adj.adnominal e adj. adverbial

DICAS:
1) NENHUM sujeito começa por preposição.
2) Para encontrar o sujeito, faz-se ao verbo a pergunta QUEM É QUÊ? ou QUE É QUÊ?
3) Para encontrar o obj. direto, faz-se ao verbo a pergunta O QUÊ?
4) Para encontrar o obj. indireto, faz-se ao verbo a pergunta com uma PREPOSIÇÃO + QUE/QUEM?

TERMOS ESSENCIAIS

SUJEITO
É o ser do qual se diz alguma coisa. É constituído de um nome, pronome ou qualquer termo substantivado. O sujeito possui um núcleo que é o nome ou pronome e ao redor dele podem aparecer palavras secundárias como artigos e adjetivos:
Todos os ligeiros rumores da mata tinham uma voz para a selvagem filha do sertão.
Sujeito: Todos os ligeiros rumores da mata.
Núcleo do sujeito: rumores

O sujeito pode ser:
1 )Simples:   Um só núcleo do sujeito:
O gato bebeu o leite.
2) Composto:  Mais de um núcleo:
Jairo e Mônica foram à escola juntos.
3) Oculto/Elíptico ou Subentendido:  Quando está implícito no verbo:
Viajarei amanhã .(sujeito oculto: Eu, deduzido da desinência do verbo)
4) Indeterminado: Quando não se indica o agente da ação verbal.
 Pode-se apresentar de três formas:
            a) Usando-se o verbo na 3ª pessoa do plural:
Atropelaram uma senhora na esquina.
           b) Usando-se o verbo na 3ª pessoa do singular acompanhado do pronome se, que neste caso passa a ser índice de indeterminação do sujeito:
Aqui se vive bem.
          c) Usando-se o verbo no infinitivo impessoal:
É triste assistir a estas cenas repulsivas.
        d)Orações sem sujeito: São constituídas com verbos impessoais. O conteúdo verbal não é atribuído a nenhum ser:
Ventava muito durante o desfile.
São verbos impessoais:
1) Haver no sentido de existir, ocorrer, acontecer: Havia quadros nas paredes.
2) Fazer, passar, ser e estar com referência ao tempo:  Faz muito calor naquela cidade.
3) Chover, ventar, nevar, gear, relampejar, amanhecer, anoitecer e outros que exprimem
fenômenos meteorológicos: Ontem choveu muito.

ATENÇÃO: Usados em sentido figurado, esse verbos têm sujeito.
Choveram pétalas sobre a imagem da santa. Pétalas = sujeito)

PREDICADO
Há três tipos de predicado:

1- PREDICADO NOMINAL
Seu núcleo é um nome (substantivo, adjetivo, pronome). É ligado ao sujeito por um verbo de ligação:
Nossas praias são lindíssimas.
Sujeito: Nossas praias
Núcleo do sujeito:praias
Predicado nominal:são lindíssimas
Verbo de ligação:são
Predicativo do sujeito:lindíssimas
ATENÇÃO:  O predicativo do sujeito é uma qualidade ligada ao sujeito pelo verbo de ligação. São verbos de ligação: ser, estar, permanecer, ficar, parecer, etc.


2- PREDICADO VERBAL
Seu núcleo é um verbo seguido ou não de complemento ou termos acessórios. Classifica-se
em:
a)Intransitivo:  O verbo não precisa de complemento.
                            Carlos morreu.
                            Sujeito: Carlos
                            Predicado verbal:morreu (verbo intransitivo)
b)Transitivo direto : O verbo precisa de complemento que é ligado a ele de forma direta, ou seja, sem o auxílio de preposição. Este complemento chama-se objeto direto.
                            Comprei um novo aparelho
                            Sujeito:Eu (oculto)
                            Predicado verbal: comprei um novo aparelho.
                            Verbo transitivo direto:comprei
                           Objeto direto:um novo aparelho.
c)Transitivo indireto:  O verbo precisa de complemento que é ligado a ele de forma indireta, ou seja, com o auxílio de preposição. Este complemento chama-se objeto indireto.
                           Todos precisam de afeto.
                           Sujeito: Todos
                           Predicado verbal:precisam de afeto
                           Verbo transitivo indireto:precisam
                             Objeto indireto:de afeto
d)Transitivo direto e indireto :  O verbo necessita dos dois complementos: o direto e o indireto.
                              A empresa fornece comida aos trabalhadores.
                             Sujeito: A empresa
                             Núcleo do sujeito:empresa
                             Predicado verbal:fornece comida aos trabalhadores
                             Verbo transitivo direto e indireto:fornece
                            Objeto direto:comida
                           Objeto indireto:aos trabalhadores

3- PREDICADO VERBO-NOMINAL
Tem dois núcleos significativos: um verbo e um nome. Formado por um verbo transitivo ou
intransitivo e um predicativo do sujeito ou do objeto.
                               Isabel fez os doces nervosa.
                               Sujeito:Isabel
                               Predicado verbo-nominal:fez os doces nervosa
                               Verbo transitivo direto:fez
                               Objeto direto:os doces
                                Predicativo do sujeito:nervosa (...fez os doces e estava nervosa)


PREDICATIVO
Há o predicativo do sujeito e do objeto.

1- PREDICATIVO DO SUJEITO
É o termo que exprime um atributo, qualidade, estado ou modo de ser do sujeito, ao qual se prende por um verbo de ligação, que está presente no predicado nominal e no verbo-nominal.
                       A casa era de vidro.

                    A vida tornou-se insuportável.
                   A ilha parecia um monstro.
                   O menino abriu a porta ansioso.

2- PREDICATIVO DO OBJETO
É o termo que se refere ao objeto de um verbo transitivo.
O juiz declarou o réu inocente.
Alguns chamam-no (de) impostor.
Os inimigos chamam-lhe (de) traidor.
A mãe viu-o desanimado.

TERMOS INTEGRANTES

1- OBJETO DIRETO
É o complemento de verbos transitivos diretos. Este complemento, normalmente, vem ligado ao verbo sem auxílio de preposição.
                       João comprou uma bola.
                       ATENÇÃO!!O objeto direto torna-se sujeito da voz passiva.
                       Uma bola foi comprada por João.

2- OBJETO INDIRETO
É o complemento de verbos transitivos indiretos. Esse complemento vem ligado ao verbo por meio de preposição.
                     Os filhos precisam de carinho.
                     Assisti ao jogo.

3- COMPLEMENTO NOMINAL
É o complemento de nomes (substantivos, adjetivos e advérbios) sempre regido de preposição, reclamado pela sua significação transitiva incompleta. Representa o recebedor, o paciente, o alvo da declaração expressa por um nome.
              A defesa da pátria.
              O respeito às leis.

ATENÇÃO!!COMPLEMENTO NOMINAL X OBJETO INDIRETO
A diferença entre o complemento nominal e o objeto indireto é que este complementa verbos e aquele  complementa nomes.

4- AGENTE DA PASSIVA
É o complemento de um verbo na voz passiva. Representa o ser que pratica a ação expressa pelo verbo passivo. Geralmente, vem acompanhado pela preposição por:
                 Uma bola foi comprada por João. (João praticou a ação de comprar)


TERMOS ACESSÓRIOS
 
  1. ADJUNTO ADNOMINAL
É o termo de valor adjetivo que serve para especificar ou delimitar o significado de um substantivo. Pode ser expresso:
a) pelos adjetivos:
Na areia podemos fazer até castelos soberbos, onde abrigar o nosso íntimo sonho.
b) pelos artigos:
O ovo é a cruz que a galinha carrega na vida.
3) pelos pronomes adjetivos:
Vários vendedores de artesanato expunham suas mercadorias.
4) pelos numerais:
Casara-se havia duas semanas.
5) pelas locuções adjetivas:
Tinha uma memória de prodígio.
ATENÇÃO!!ADJUNTO ADNOMINAL X COMPLEMENTO NOMINAL
Não se deve confundir o adjunto adnominal formado por locução adjetiva e o complemento nominal. Este é o paciente da ação expressa por um nome transitivo. Aquele representa o agente da ação ou a origem, qualidade de alguém ou de alguma coisa.
Eleição do presidente.(Presidente é paciente da eleição, sofre a ação)
Discurso do presidente.(Presidente é agente do discurso, pratica a ação)

  1. ADJUNTO ADVERBIAL
É o termo que exprime uma circunstância (de tempo, lugar, modo, etc.)
Aqui não passa ninguém.
Lá embaixo aparece Jacarecanga sob o sol do meio-dia.

  1. APOSTO
É uma palavra ou expressão que explica ou esclarece, desenvolve ou resume outro termo da oração:
D. Pedro II, imperador do Brasil, foi um monarca sábio.
Casas e pastos, árvores e plantações, tudo foi destruído pela enchente.
Prezamos acima de tudo duas coisas: a vida e a liberdade.

ATENÇÃO!!O aposto não pode ser formado por adjetivos. Nestes casos, tem-se um predicativo.
Audaciosos, os dois surfistas atiraram-se às ondas.(Audaciosos = predicativo do sujeito)


  1. VOCATIVO[do latim vocare = chamar]
É o termo usado para chamar alguém ou alguma coisa.
A ordem, meus amigos, é a base do governo.
Meu nobre perdigueiro, vem comigo!
ATENÇÃO!!O vocativo é um termo à parte. Não pertence à estrutura da oração, por isso não se anexa ao sujeito nem ao predicado.



EXERCÍCIOS
Classifique os adjuntos adverbiais:
1)Saiu de casa para andar de bicicleta e nunca mais voltou.
2) Eu entrei de gaiato nesta escola.
3)Não acho muito agradável fazer 80 anos em 2220
4)Esperou, pacientemente, durante 3 horas, as balconistas.
5)Recentemente,no zoo da capital, dois leões morreram com bolos de carne envenenada.
6)Um dia, ela repousava no claro da floresta.
7)Moro muito longe daqui.
8)Saiu pisando devagarinho.
9) Eu vi uma mulher verdadeiramente bela.
10)Voltei pacientemente ao ponto de partida.

Classifique os verbos sublinhados segundo a indicação abaixo:
( 1) verbo intransitivo                                        (3) verbo transitivo direto
(2 ) verbo transitivo indireto                              (4) verbo de ligação
(  ) Os índios fabricavam enfeites e cestos.
(  ) Eles não produziam lixo.
(  ) Esses homens precisam de máscaras.
(  ) As margens do rio estavam sujas.
(  ) Gostamos de professor de matemática.
(  ) A gurizada brincava ao léu, empinando papagaio.
(  ) Em breve, ombreará com os mestres.

(  ) Acredito em sua palavra.
(  ) O lixo sempre traz epidemias.
(  ) Os índios cuidavam do seu rio.
(  ) As árvores e as plantas cresceram.
(  ) Os homens procuravam alimentos.
(  ) Meus amigos gostam muito de peixe.
(  )Apareceram , um dia, os meus próprios livros.
(  ) O hipocondríaco morreu, mas ninguém acreditou.
(  ) De lá você enxergará o horizonte.
(  ) Quem não tem boca também vai a Roma, mas não conversa com ninguém.
(  )Todos pareciam cansados.
(  ) Aqui todos são alegre e saudáveis.
(  )  O doce está gelado.
(  ) Os animais procuravam pousada.
(  ) O marquês desobedece às ordens do rei.
(  ) Em toda a parte andava acesa a guerra.
(  ) Em pouco tempo a semente germinou.
(  )Todos roncavam, menos o enfermo.
(  ) Maria galgou as escadas.
(  ) É preciso crer em alguma coisa.
(  ) Disse algumas palavras.
(  ) Não estou doente.
(  ) A terra permanece elevada.
(  ) Os jovens estavam entusiasmados.
(  ) Mamãe caiu. Venha.


GABARITO:
Classifique o adjunto adverbial sublinhado:
Saiu de casa para andar de bicicleta e nunca mais voltou.
lugar -  negação
Eu entrei de gaiato nesta escola.
modo - lugar 
Não acho muito agradável fazer 80 anos em 2020.
negação - tempo
Esperou, pacientemente, durante 3 horas, as balconistas.
modo - tempo
Recentemente,no zoo da capital, dois leões morreram com bolos de carne envenenada.
tempo - modo
Um dia, ela repousava no claro da floresta.
tempo - lugar
Moro muito longe daqui.
lugar
Saiu pisando devagarinho.
modo
Eu vi uma mulher verdadeiramente bela.
modo
Voltei pacientemente ao ponto de partida.
modo - lugar


Classifique os verbos sublinhados segundo a indicação abaixo:
( 1) verbo intransitivo                             (3) verbo transitivo direto
(2 ) verbo transitivo indireto                  (4) verbo de ligação

( 3 ) Os índios fabricavam enfeites e cestos.
( 3 ) Eles não produziam lixo.
( 2) Esses homens precisam de máscaras.
( 4 ) As margens do rio estavam sujas.
(2) Gostamos de professor de matemática.
(1) A gurizada brincava ao léu, empinando papagaio.
( 2 ) Em breve, ombreará com os mestres.
( 2 ) Acredito em sua palavra.
( 3 ) O lixo sempre traz epidemias.
(2) Os índios cuidavam do seu rio.
( 1 ) As árvores e as plantas cresceram.
(3) Os homens procuravam alimentos.
(3) Meus amigos gostam muito de peixe.
( 3 )Apareceram , um dia, os meus próprios livros.
( 1 ) O hipocondríaco morreu, mas ninguém acreditou.
(3) De lá você enxergará o horizonte.
( 2 ) Quem não tem boca também vai a Roma, mas não conversa com ninguém.
(4) Todos pareciam cansados.
( 4 ) Aqui todos são alegre e saudáveis.
( 4 )  O doce está gelado.
( 3 ) Os animais procuravam pousada.
(2) O marquês desobedece às ordens do rei.

(4) Em toda a parte andava acesa a guerra.
(1) Em pouco tempo a semente germinou.
( 1 )Todos roncavam, menos o enfermo.
(3) Maria galgou as escadas.
(2) É preciso crer em alguma coisa.
(3) Disse algumas palavras.
(4) Não estou doente.
(4) A terra permanece elevada.
( 4 ) Os jovens estavam entusiasmados.
  1. ) Mamãe caiu. Venha.


Exercício sobre os tipos de sujeito

 Classifique os sujeitos das frases abaixo:
    Minha vida era um palco iluminado.
    Aconteceram coisas horríveis naquele verão.
    O Presidente chegou ontem a Brasília.
    O dois é um número inteiro.
    Bois, vacas e bezerros andavam misturados.
    Falei com ela ontem à tarde.
    Falaram muito mal de você na reunião.
    Choveu pouco no último verão.
    Precisa-se de digitadores.
    Nevou na Europa no outono passado.
    Viajamos para a Itália.
    Telefonaram para você.
    Faz dois anos que ele saiu.
    Havia cinco alunos na biblioteca.
    Está frio.
    Venta muito forte naquela região.
    Acredita-se em ETs.
    Há dois meses que não vejo Reinaldo.
    Lígia sumiu.
    Os dinossauros também viveram nos polos.
    Têm aumentado as denúncias contra médicos.
    Nos galhos da pitangueira, brincavam livremente os pássaros.
    Naquele momento, foram saindo disfarçadamente os culpados.
    São inadmissíveis os crimes de guerra.
    Apareceu no jardim da casa de Ana Maria um ramalhete de flores.
    No último verão foram reformadas todas as casas da vila.
    Aconteceram coisas estranhas naquele dia.
    Assassinaram mais um líder.
    Agora é tarde.
    Acordei de um sonho estranho.
    Precisa-se de professores de português.
    Corinthians e Flamengo decidem amanhã o campeonato brasileiro.
    Rapaz, beba este refrigerante.
    Eles se houveram com dignidade.
    Pode haver fatos contrários.
    Podem existir fatos contrários.
    Necessita-se do apoio de todos.
    Reformam-se ternos.
    Trabalha-se durante a noite.
    Deve haver pessoas generosas.
    Trabalha-se com afinco naquela empresa.
    Há um restaurante chinês perto daqui.
    Vive-se bem lá.

Mais exercícios de classificação do sujeito:
    Havia solidariedade e era isso que importava.
    Tem chovido demais ultimamente.
    Faz oito anos que nos mudamos para cá.
    Há meses que não há boas notícias no jornal.
    Viviane fez oito anos no sábado.
    Dr. Silvana e Capitão Marvel são personagens antigos das histórias em quadrinhos.
    Ana, Cláudia e Patrícia já foram almoçar.
    Hei de conseguir resolver este problema.
    Obedeceu-se ao pedido do diretor.
    Estuda-se muito nesta aquela.
    Os jovens trabalhavam no laboratório.
    Achamos o filme muito engraçado.
    Abriu a porta, nada viu.
    Mamãe precisa de uma nora.
    Na sala, discutiam a hora do enterro.
    Trata-se de um médico com ótima imagem.
    Tudo assustava a pobre mulher.
    Ninguém gostou daquele filme.
    Fará sol? Choverá?
    Eram duas horas da tarde.
    Parece inverno!
    Fazia horas que procurava uma sombra.
    O clima era diferente.
    Vieram três reis magos.
    Assim não jogo mais.
    Empresa pública e iniciativa privada vão juntas ao campo.
    Boatos não faltaram.
    Não havia soldados no lugar, nem havia juiz.
    O vento soprou do sul.
    Explique isso ao homem, ponderou a mulher.
    Lá embaixo continuavam a chamar o elevador.
    Fui roubada, disse nervosamente.
    Vem chuva com certeza.
    Aqui só há gente pobre.
    Dizem que a máquina tem feito milagre.
    Obedece-se aos preceitos religiosos.
    Fechemos este livro.
    Virou a cara quando me viu.
    Escreva uma carta ao professor de português.
    O sol nascia atrás do morro.
    Não pediram licença a ninguém.
    Alguém tem um pedaço de papelão?
    Até hoje não existe uma linha aérea regular para a cidade.
    Explicaram a história ao advogado.
    Tudo parecia muito estranho.
    Obedeceram aos pais sem reclamar.
    Os dois sobrinhos e seus colegas de escola foram acampar.
    Falou-se pouco sobre as reformas sociais.
    Os escritores e professores fizeram uma boa conferência.
    Saí à procura de um amigo.
    Havia um barulho ensurdecedor de britadeira.
    Eram cinco de julho, quando saí de casa.
    A cadeira de balanço e o tricô inacabado lembravam-me os tempos de infância.
    Eram mágicos o barulho da pipoca e o cheiro do café.
    Entregaram o cheque hoje pela manhã.
    Choveu no norte, geou no sul e nem relampejou aqui.
    Olhávamos as vitrinas.
    Eram cinco anos de casamento, comemoravam o aniversário com grande festa.
    Tocaram a campainha?

 GABARITO:
1.    Minha vida era um palco iluminado.  SIMPLES
2.    Aconteceram coisas horríveis naquele verão.  SIMPLES
3.    O Presidente chegou ontem a Brasília.  SIMPLES
4.    O dois é um número inteiro.  SIMPLES
5.    Bois, vacas e bezerros andavam misturados.  COMPOSTO
6.    Falei com ela ontem à tarde.  OCULTO
7.    Falaram muito mal de você na reunião. INDETERMINADO
8.    Choveu pouco no último verão. INEXISTENTE
9.    Precisa-se de digitadores. INDETERMINADO
10.  Nevou na Europa no outono passado. INEXISTENTE
11.  Viajamos para a Itália. OCULTO
12.  Telefonaram para você. INDTERMINADO
13.  Faz dois anos que ele saiu. INEXISTENTE - SIMPLES

14.  Havia cinco alunos na biblioteca. INEXISTENTE
15.  Está frio. INEXISTENTE
16.  Venta muito forte naquela região. INEXISTENTE
17.  Acredita-se em ETs. INDETERMINADO
18.  Há dois meses   -  que não vejo Reinaldo. INEXISTENTE - OCULTO
19.  Lígia sumiu. SIMPLES
20.  Os dinossauros também viveram nos polos. SIMPLES
21.  Têm aumentado as denúncias contra médicos. SIMPLES
22.  Nos galhos da pitangueira, brincavam livremente os pássaros. SIMPLES
23.  Naquele momento, foram saindo disfarçadamente os culpados. SIMPLES
24.  São inadmissíveis os crimes de guerra. SIMPLES
25.  Apareceu no jardim da casa de Ana Maria um ramalhete de flores. SIMPLES
26.  No último verão foram reformadas todas as casas da vila. SIMPLES
27.  Aconteceram coisas estranhas naquele dia. SIMPLES
28.  Assassinaram mais um líder.INDETERMINADO
29.  Agora é tarde. INEXISTENTE
30.  Acordei de um sonho estranho. OCULTO
31.  Precisa-se de professores de português. INDETERMINADO
32.  Corinthians e Flamengo decidem amanhã o campeonato brasileiro. COMPOSTO
33.  Rapaz, beba este refrigerante. OCULTO
34.  Eles se houveram com dignidade. SIMPLES
35.  Pode haver fatos contrários. INEXISTENTE
36.  Podem existir fatos contrários. SIMPLES
37.  Necessita-se do apoio de todos. INDETERMINADO
38.  Reformam-se ternos. SIMPLES

39.  Trabalha-se durante a noite. INDETERMNADO
40.  Deve haver pessoas generosas. INEXISTENTE
41.  Trabalha-se com afinco naquela empresa. INDETERMINADO
42.  Há um restaurante chinês perto daqui. INEXISTENTE
43.  Vive-se bem lá. INDETERMINADO



Mais exercícios de classificação do sujeito:
1.    Havia solidariedade e era isso que importava. INEXISTENTE – SIMPLES
2.    Tem chovido demais ultimamente. INEXISTENTE
3.    Faz oito anos que nos mudamos para cá. INEXISTENTE - OCULTO
4.    Há meses que não há boas notícias no jornal. INEXISTENTE - INEXISTENTE
5.    Viviane fez oito anos no sábado. SIMPLES
6.    Dr. Silvana e Capitão Marvelsão personagens antigos das histórias em quadrinhos. COMPOSTO
7.    Ana, Cláudia e Patrícia já foram almoçar. COMPOSTO
8.    Hei de conseguir resolver este problema. OCULTO
9.    Obedeceu-se ao pedido do diretor. INDETERMINADO
10.  Estuda-se muito nesta aquela. INDETERMINADO
11.  Os jovens trabalhavam no laboratório. SIMPLES
12.  Achamos o filme muito engraçado. OCULTO
13.  Abriu a porta, nada viu. OCULTO - OCULTO
14.  Mamãe precisa de uma nora. SIMPLES
15.  Na sala, discutiam a hora do enterro. INDETERMINADO
16.  Trata-se de um médico com ótima imagem. INDETERMINADO
17.  Tudo assustava a pobre mulher. SIMPLES
18.  Ninguém gostou daquele filme. SIMPLES
19.  Fará sol? Choverá? INEXISTENTE - INEXISTENTE
20.  Eram duas horas da tarde. INEXISTENTE

21.  Parece inverno!  INEXISTENTE
22.  Fazia horas que procurava uma sombra. INEXISTENTE - OCULTO
23.  O clima era diferente. SIMPLES
24.  Vieram três reis magos. SIMPLES
25.  Assim não jogo mais. OCULTO
26.  Empresa pública e iniciativa privada vão juntas ao campo. COMPOSTO
27.  Boatos não faltaram. SIMPLES
28.  Não havia soldados no lugar, nem havia juiz. INEXISTENTE - INEXISTENTE
29.  O vento soprou do sul. SIMPLES
30.  Explique isso ao homem, ponderou a mulher. SIMPLES
31.  Lá embaixo continuavam a chamar o elevador. INDETERMINADO
32.  Fui roubada, disse nervosamente. OCULTO - OCULTO
33.  Vem chuva com certeza.  SIMPLES
34.  Aqui só há gente pobre. INEXISTENTE
35.  Dizem que a máquina tem feito milagre. INDETERMINADO - SIMPLES
36.  Obedece-se aos preceitos religiosos. INDETERMINADO
37.  Fechemos este livro. OCULTO
38.  Virou a cara quando me viu. OCULTO - OCULTO
39.  Escreva uma carta ao professor de português. OCULTO
40.  O sol nascia atrás do morro. SIMPLES
41.  Não pediram licença a ninguém. INDETERMINADO
42.  Alguém tem um pedaço de papelão? SIMPLES
43.  Até hoje não existe uma linha aérea regular para a cidade. SIMPLES
44.  Explicaram a história ao advogado. INDETERMINADO
45.  Tudo parecia muito estranho. SIMPLES
46.  Obedeceram aos pais sem reclamar. INDETERMINADO

47.  Os dois sobrinhos e seus colegas de escola foram acampar. COMPOSTO
48.  Falou-se pouco sobre as reformas sociais. INDETERMINADO
49.  Os escritores e professores fizeram uma boa conferência. COMPOSTO
50.  Saí à procura de um amigo. OCULTO
51.  Havia um barulho ensurdecedor de britadeira. INEXISTENTE
52.  Eram cinco de julho, quando saí de casa. INEXISTENTE - OCULTO
53.  A cadeira de balanço e o tricô inacabado lembravam-me os tempos de infância. COMPOSTO
54.  Eram mágicos o barulho da pipoca e o cheiro do café. COMPOSTO
55.  Entregaram o cheque hoje pela manhã. INDETERMINADO
56.  Choveu no norte, geou no sul e nem relampejou aqui. INEXISTENTE – INEXISTENTE - INEXISTENTE
57.  Olhávamos as vitrinas. OCULTO
58.  Eram cinco anos de casamento, comemoravam o aniversário com grande festa. INEXISTENTE - INDETERMINADO
59.  Tocaram a campainha? INDETERMINADO
Postar um comentário