NO INICIO DO BLOG

1 de março de 2017

UMA POSSIBILIDADE????

1 Introdução
 O Projeto NAS TRILHAS DA PRODUÇÃO TEXTUAL, orientado pela supervisão da escola do ensino médio Ruy Barbosa e aplicado pela professora Marlene Sagave, será desenvolvido aos  alunos da terceira série, terceirão. O projeto consiste na realização de aulas de redação para alunos do ensino médio em fase preparatória para os vestibulares, ENEM, sendo firmada, a cada edição, uma parceria com  escolas estaduais e do município. Na edição de 2017, o curso será ofertado para alunos, com matrícula prévia na secretaria do Ruyzão. O Projeto  será realizado sob monitoria da supervisão, com encontros semanais . As aulas serão realizadas das 14 às 17h das segundas-feiras, horário que melhor contempla os alunos. O principal objetivo do Projeto é  preparar os alunos para a realização da prova de redação do Enem, que possui peso relevante na nota final do exame, e redações de vestibulares. Além disso, objetiva-se auxiliar os alunos em sua capacitação para produzirem redações ricas em argumentos, contexto e criatividade e demonstrar a eles a importância da leitura para o desenvolvimento de uma boa escrita e pensamento crítico, um dos itens mais relevantes nas redações atuais. Trabalhar-se -á intensamente o gênero textual dissertativo-argumentativo, mais comum e geralmente solicitado em provas de redação. Conteúdos gramaticais também serão elucidados, principalmente no que tange à acentuação, regência, uso de crase, coesão e coerência. Enfatizar-se-á a importância de os alunos acompanharem os principais acontecimentos da atualidade para possuírem o conhecimento necessário para a formação de sua opinião e exposição da mesma nas redações. 

2. Desenvolvimento
 A redação, considerada parte fundamental em avaliações e vestibulares, é estudada nos níveis fundamental e médio das escolas, visando ao aprendizado da norma culta da língua portuguesa, por parte do aluno, e a preparação do estudante para as provas de ingresso para a Universidade. É importante, no entanto, ressaltar a importância da produção de um bom texto não somente como fator classificatório em provas de avaliação, mas também para o desenvolvimento crítico do aluno, que passa a refletir sobre temas relevantes, começa a expor seus raciocínios de forma ordenada e começa a cogitar sobre soluções para os problemas levantados para a produção da redação. As redações podem ser produzidas de diferentes formas, desde textos dissertativos, argumentativos até opinativos. Os vestibulares e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) destacam a importância da redação para ingresso em faculdades e universidades, pois é a partir dela que os avaliadores descobrem o nível de conhecimento do candidato, sua habilidade em desenvolver e explicitar suas ideias, e se ele consegue desenvolver um texto conforme as normas exigidas. O tipo de redação mais exigido em provas como essas é o Dissertativo/Argumentativo, e sua estrutura divide-se em Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. Mesmo parecendo simples, muitos estudantes possuem grande dificuldade para estruturar corretamente o texto e, portanto, não conseguem desenvolvê-lo. Como a redação é um dos principais itens avaliados em provas como o Enem e vestibulares, e se tornou imprescindível para o ingresso do aluno nas universidades, é necessário que o aluno seja estimulado, bem como procure aprender as técnicas corretas de produção da redação. Aulas específicas sobre essa área de produção de texto, dessa forma, só tendem a somar para o estudante.

 2.1 A redação como forma de avaliação

 O tipo de redação geralmente utilizado para os vestibulares é o Dissertativo/Argumentativo, que é o mais empregado para que o aluno possa demonstrar o desenvolvimento de seu senso crítico a respeito de determinado assunto. Todo texto dissertativo precisa argumentar, ou seja, apresentar provas a favor da posição que assumiu e provas para mostrar que a posição contrária está equivocada.  Cada vez mais, é necessário formar cidadãos que consigam debater sobre os mais variados temas presentes na sociedade. O fato de ser dissertativo faz com que o vestibulando possa expor todas as informações que possui sobre o tema da redação, o que mostra o nível de conhecimento do aluno. E o fator “Argumentativo”, por sua vez, permite que o estudante possa expor sua opinião crítica sobre o assunto, o que é de grande importância principalmente no caso da prova do Enem. O Enem exige que o aluno, além de construir uma redação coerente e repleta de informações e conhecimentos, saiba dar uma solução para o problema apresentado na prova. Assim,  torna-se importante conhecer o gênero dissertativo/argumentativo e estudar os assuntos que obtiveram grande relevância na mídia, no Brasil e no Mundo. Os vestibulares, por sua vez, possuem variações quanto ao gênero exigido nas provas, assim, faz-se necessário estudar as demais tipologias das redações.


 2.2 Os principais critérios de avaliação 

Como forma de exercitar na prática os conteúdos repassados durante as aulas, solicitar-se-á aos alunos a produção de textos dissertativos. Para a correção das redações, posteriormente, serão avaliados dentre os quais se destacam: o uso da língua padrão, informatividade, intertextualidade, coesão e coerência. Além de redações produzidas em casa, simulados durante as aulas, para que os alunos aprendam a lidar não só com os diversificados temas das redações, mas também com o tempo disponibilizado para sua produção. Os alunos receberão os seus textos corrigidos segundo os critérios citados e, também, com observações e apontamentos para a melhoria dos mesmos. Assim, a cada redação escrita, aprimorar os seus conhecimentos, bem como sua prática de redigir um texto.

 3. Metodologia

 Na falta de segurança para redigir um texto, que pode resultar na aprovação em um curso de nível superior (preferencialmente público), o aluno que possui condições financeiras suficientes busca nos cursos preparatórios particulares uma melhor preparação, visando ao esse Projeto. Essa situação desfavorece o ingresso de jovens que não têm essa oportunidade, principalmente aqueles que são oriundos das camadas mais pobres. É diante desse contexto e conjuntura vividos pelos jovens de escolas públicas de nossa região que esse Projeto procurará inserir-se e levar sua contribuição, com o objetivo de promover o debate entre professores e alunos que estejam terminando o ensino médio a fim de desenvolver estratégias de produção textual que potencializem a capacidade de argumentação. 

 4 Conclusão


Ao final, espera-se  melhora significativa nas redações feitas pelos alunos e se conseguirão sanar suas principais dúvidas e aplicar os conteúdos aprendidos em aula em suas redações. Por meio das correções realizadas.

  Referências

QUERIDOS PROFES!!
PRETENDEMOS,AQUI NO RUY,ORGANIZAR AULAS DE REDAÇÃO, LOGO, ESSE PROJETO ESTÁ COM TODOS DIREITOS RESERVADOS. ABRAÇÃO!
Postar um comentário