NO INICIO DO BLOG

11 de junho de 2014

Causa e consequência

Argumentação do tipo "causa e consequência"

Uma boa maneira de argumentar é tentar associar causas e consequências ao tema proposto.

 Como por exemplo: se o tema está associado à educação brasileira, podemos buscar argumentos para essa proposta pensando nas causas do quadro atual da educação brasileira (falta de investimentos, falta de valorização e de capacitação dos profissionais, etc...) e também nas consequências que ela provocará a longo prazo em nossa sociedade. Se o tema está associado ao racismo, podemos nos perguntar a respeito das causas do racismo e refletir acerca das consequências dele de um modo geral. É interessante notar que, quando o tema se trata de algum tipo de problema a solução aparece ao pensarmos nas causas desse problema. Logo, por exemplo, para solucionar as deficiências da educação brasileira nós precisamos pensar em suas causas. É atuando nas causas do problema que temos a solução.

 Veja quanta coisa a gente pode conseguir ao pensar em causas e em consequências. Para temas problemáticos, que expõe algum tipo de situação, essa estratégia argumentativa é perfeita. Vamos supor, agora, que o tema não seja explicitamente problemático. Ao invés de, por exemplo, escrevermos sobrepoluição e impactos ambientaisdesigualdade social e outros problemas, vamos supor que o tema seja mais subjetivo, a exemplo de amizade. Também podemos usar a estratégia da causa e da consequência, pensando nas consequências positivas da amizade para o ser humano, explorando a ideia de que ele depende das outras pessoas, que ele não pode viver sozinho e que a amizade é a melhor maneira de lidar com isso, pois ela trás um bem-estar recíproco para as partes envolvidas (ou seja: é uma consequência positiva). Podemos também pensar a respeito dos elementos essenciais da amizade verdadeira, como por exemplo: confiança, respeito e compreensão. Ou seja: podemos pensar no que pode causar ou criar uma amizade verdadeira. 

 Ao pensarmos em causas e em consequências, nós estamos ajudando a nós mesmos a encontrarmos bons argumentos. Esse é o segredo dessa estratégia
Postar um comentário