NO INICIO DO BLOG

14 de julho de 2014

Cenas terríveis, gurizada, nunca caiam nisso!!!!!

Apesar da “viagem” proporcionada pela Krokodil ser comparada à da heroína, o tempo que ela dura no organismo é pouco, o que obriga ao usuário a se picar novamente em poucos minutos. Como o tempo de preparo é muito maior do que tempo que o “barato” dura no usuário, a Krokodil é feita aos montes – vários e vários litros de uma vez – e, enquanto alguns vão se drogando, outros já vão preparando a nova “fornada” da droga!
Com tantos produtos químicos embutidos, a “crocodilo” começa a causar uma irritação no local da aplicação. Essa irritação vai aumentando até necrosar a área onde foi aplicada e chega a deixar expostos ossos e músculos do doente. Na maioria dos casos, o membro afetado acaba tendo que ser amputado!
Quando o efeito da Krokodil passa, as dores são terríveis!
Quando o efeito da Krokodil passa, as dores são terríveis!

O nome Krokodil

O nome “Krokodil” vem de “crocodilo” mesmo, como você já deve ter imaginado!
Ela foi batizada assim porque a pele dos usuários dessa droga vai ficando esverdeada e cheia de escamas, lembrando a pele do réptil.
Não há muito apoio do governo russo para ajudar nas casas de reabilitação de lá. A desintoxicação é bastante lenta e dolorosa.
krokodil4

Da Rússia para o mundo

Apesar de ser um “sucesso” na Rússia, a Krokodil já está se espalhando por vários países da Europa e há relatos de que essa praga já tenha chegado aos Estados Unidos.



Read more: http://www.e-farsas.com/krokodil-droga-usuario-apodrecer-vivo.html#ixzz37Ri2EY42
Postar um comentário