NO INICIO DO BLOG

16 de janeiro de 2015

Estudante testa corretores do ENEM

Estudante diz ter escrito "porque hoje é meu niver" e tirado 600 em redação do Enem

"Vi que um aluno colocou a receita de miojo e queria testar como era", Francinaldo Guedes Pereira

Um estudante paraibano publicou nas redes sociais a folha de rascunho da redação do Enem, na qual ele teria escrito "porque hoje é meu niver". A frase seria uma homenagem a si próprio, que comemorou 16 anos no dia 9 de novembro de 2014, data em que a prova também foi aplicada.  
Foto: Reprodução
Caso a inserção da frase, que aparece na última frase do terceiro parágrafo do texto, seja confirmada após a divulgação do espelho da redação pelo Ministério da Educação, o texto de Francinaldo Guedes Pereira deveria ser anulada. 
O item 14.9.5 diz que será atribuída nota 0 (zero) à redação "que apresente parte do texto deliberadamente desconectada com o tema proposto, que será considerada 'Anulada'".
Ainda nas redes sociais, o estudante também mostrou uma imagem com as notas no exame, em que teria tirado 600 na redação. Em entrevista ao Globo, o aluno disse que ficou supreso com a nota.
"Vi que um aluno colocou a receita de miojo (na redação do Enem 2012), e aí queria testar como era. Era dia do meu aniversário e eu estava fazendo (a prova) só por experiência. Fiquei surpreso com a minha nota, porque muita gente fez com o tema certo, tudo direitinho, e tirou nota menor. Esperava tirar zero", explicou. 
Redações do Enem 2012 que continham brincadeiras como uma receita de macarrão instatâneo e trechos de hinos de do Palmeiras receberam 560 e 500 pontos, respectivamente. Após denúncias feitas pela imprensa, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira (Inep), responsável pelo Enem, tornou os critérios de correção mais rígidos. 
Postar um comentário