NO INICIO DO BLOG

21 de outubro de 2016

UMA QUESTÃO DO ENEM

Tarefa

Morder o fruto amargo e não cuspir 
Mas avisar aos outros quanto é amargo 
Cumprir o trato injusto e não falhar 
Mas avisar aos outros quanto é injusto 
Sofrer o esquema falso e não ceder 
Mas avisar aos outros quanto é falso 
Dizer também que são coisas mutáveis... 
E quando em muitos a não pulsar 
— do amargo e injusto e falso por mudar — 
então confiar à gente exausta o plano 
de um mundo novo e muito mais humano.



Na organização do poema, os empregos da conjunção “mas” articulam, para além de sua função sintática,
Postar um comentário